Ufersa sediará encontro nacional de pesquisadores de moluscos

Quarenta anos depois, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) voltará a receber o maior encontro de pesquisadores de moluscos da América Latina. O Encontro Nacional de Malacologia será realizado em 2017 na Ufersa, em data ainda a ser definida pela organização.

Por iniciativa da Sociedade Brasileira de Malacologia (SBMA), o evento realizado a cada 2 anos e reúne malacólogos de todo o país, que são os pesquisadores na área de moluscos.

O anúncio da Ufersa como sede oficial do evento em 2017 veio no encontro desse ano no Rio de Janeiro. A professora do curso de Engenharia de Pesca, Inês Xavier Martins, será a coordenadora do evento que deve reunir cerca de 300 pesquisadores do Brasil e de toda América Latina.

De acordo com Inês Xavier, apenas três cidades do Nordeste sediaram esse encontro: Recife (PE), Fortaleza (CE) e Mossoró (RN). O município potiguar já recebeu o evento em 1977, por intermédio do pesquisador Henry Ramos Matthews, professor da então Escola Superior de Agricultura de Mossoró (Esam) e sócio-fundador da SBMA. O encontro de 2017 também terá esse cunho comemorativo para marcar os 40 anos do primeiro encontro da área realizado na cidade.

“Esse evento é de grande importância para os profissionais e estudantes ufersianos e outras instituições de ensino potiguar, que desenvolvem trabalhos com moluscos. Esperamos que este encontro venha a contribuir mais ainda na divulgação das atividades de pesquisa, ensino e extensão desenvolvidos no âmbito da Ufersa e reafirmar nossa instituição como referência em malacologia do Nordeste”, finalizou a professora Inês.