Ufersa oferece curso voltado para melhoria na qualidade de sementes

Pela primeira vez, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) oferece capacitação voltada para o controle de qualidade de sementes com o uso do teste de tetrazólio. Trata-se do I Curso Teórico-Prático de Tetrazólio em Sementes de Soja. A técnica já é bastante utilizada nas regiões Sul e Sudeste do país, mas ainda uma novidade no Nordeste.

Segundo o professor Salvador Barros Torres, coordenador do Laboratório de Análise de Sementes, a ideia é aprimorar a técnica para ampliar a outras espécies vegetais do semiárido. O curso é uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia e do Departamento de Ciências Vegetais da Ufersa.

O curso tem como instrutora a professora Charline Zaratin Alves, da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), que possui larga experiência com a utilização do teste tetrazólio em sementes de soja, contanto ainda com o apoio do acadêmico de Agronomia, também da UFMS, Carlos Henrique Queiroz Rego.

Ao todo, 15 estudantes de graduação e pós-graduação participam da atividade, inclusive, com a participação de estudantes de outras universidades como Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Universidade Federal do Ceará (UFC).