Ufersa inaugura novo poço de água e cede outro para comunidade rural

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) inaugura hoje poço profundo perfurado na Fazenda Experimental Rafael Fernandes, na comunidade da Alagoinha, em Mossoró. Com uma profundidade de 860 metros, o poço tem uma vazão de 82 metros cúbicos de água por hora e foi perfurado na própria fazenda. A obra, concluída recentemente, vai garantir água para as pesquisas de solo e de irrigação desenvolvidas na área.

Atualmente, alunos dos cursos de Agronomia, Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenharia Florestal, Zootecnia, Ecologia e os programas de pós-graduação em Fitotecnia, Manejo de Solo e Água, Ciência Animal e Ecologia fazem trabalhos de pesquisa usando a água do poço.

Até o momento a fazenda mantém 5 hectares de área irrigada com experimentos envolvendo culturas de milho, feijão, banana, acerola, goiaba, coqueiro e uva. Mas a meta é aumentar essa área para 35 hectares nos próximos meses. Na área também são desenvolvidas pesquisas de hortaliças e apicultura.

O reitor José de Arimatea de Matos fará a entrega oficial do poço à comunidade acadêmica hoje e na ocasião também assinará com o prefeito Francisco José Júnior um Termo de Concessão de Direito Real de Uso de um outro poço já existente na fazenda Rafael Fernandes.

O poço antigo, como é chamado, foi revitalizado e agora passará para o controle e manutenção da Prefeitura de Mossoró. Com isso, os moradores das comunidades de Alagoinha, que recorriam à fazenda da Ufersa, terão um poço próprio com 769 metros de profundidade e vazão de 30 metros cúbicos de água por hora.