TRT-RN movimenta mais de R$ 27 milhões durante Semana da Execução

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª região (TRT-RN) movimentou mais de R$ 27 milhões, em pagamentos e acordos, durante a 10ª Semana Nacional da Execução Trabalhista, realizada de 30 de novembro a 4 de dezembro deste ano.

Só em acordos, foram 941 homologados pelo TRT-RN, Varas do Trabalho e Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs), resultando em R$ 19,3 milhões. Quanto às audiências de conciliação, 1.221 foram realizadas.

Apesar da pandemia da Covid-19, o resultado é bastante expressivo. Foram R$ 7,6 milhões a mais do que o liberado nas conciliações realizadas na mesma Semana no ano passado.

A Semana de Execução é realizada nacionalmente pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

De acordo com o desembargador Bento Herculano Duarte Neto, presidente do TRT-RN, esses valores demonstram o empenho de toda a Justiça do Trabalho do Estado, das partes e dos seus advogados.

“Esse resultado é mais importante ainda pelo momento difícil que estamos passando devido à pandemia, principalmente pela quantidade de recursos que a Justiça do Trabalho coloca na economia ainda em recuperação no país e no Estado”, destacou ele.

Segundo a juíza gestora regional da execução do TRT-RN, Maria Rita Manzarra de Moura Garcia, durante a Semana, foram liberados ainda 243 alvarás, somando um valor de R$ 5,8 milhões. O número é superior ao de 2019, quando foi liberado R$ 1,9 milhão em alvarás.

A magistrada informa que foi realizado, também, o quarto e último Leilão Virtual do ano, o qual arrecadou mais R$ 841 mil. Foram mais de 20 lotes de bens penhorados pelas Varas do Trabalho de Natal e do interior, incluindo prédios comerciais e residenciais, veículos e equipamentos diversos.

Os recolhimentos previdenciários, fiscais e custas, por sua vez, resultaram em quase R$ 1 milhão, confirmando o sucesso da 10ª Semana Nacional da Execução Trabalhista no Rio Grande do Norte.