TRT-RN arrecada R$ 841 mil para pagamento de dívidas em último leilão virtual de 2020

Uma das inovações introduzidas pelo Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), a prática dos leilões virtuais encerrou o seu ciclo de 2020 na manhã desta quarta-feira (2), com a realização do quarto e último Leilão Virtual do ano, com R$ 841.576 arrecadados.

A edição final de 2020 contou com mais de 20 lotes de bens penhorados pelas Varas do Trabalho de Natal e do interior do Rio Grande do Norte, incluindo hospitais, prédios comerciais e residenciais, veículos e equipamentos diversos.

A migração dos leilões para a internet se deu em razão da pandemia do novo coronavírus, mas a sua realização no ambiente virtual deve permanecer, como explica o juiz Cacio Oliveira Manoel, que coordena a Divisão de Inteligência (Dint) do Tribunal.

“A realização dos leilões na internet foi muito positiva, pois pudemos ampliar o número de participantes, já que não há mais barreiras geográficas. Prova disso é que tivemos boas arrecadações em todos eles, inclusive recordes, o que nos estimula a continuar com a prática”, comentou o magistrado.

A soma da arrecadação nas quatro edições dos leilões virtuais e no primeiro de 2020, que foi realizado presencialmente, antes do início da pandemia, bateu a marca de R$ 8,1 milhões, permitindo a execução de 164 processos trabalhistas.

A empresa Lance Certo Leilões foi a responsável pela realização de todas as edições deste ano.