Três detentos usam “teresas” para fugir da Penitenciária Mário Negócio

Na madrugada da segunda-feira passada, três detentos do regime fechado, do Complexo Penal Estadual Agrícola Dr. Mário Negócio (CPEAMN), conseguiram fugir, após usarem “teresas” (cordas feitas com lençóis) para escalar o muro da unidade e escaparem.

Segundo informações da direção do CPEAMN, por volta da meia-noite e meia, os presos serraram a grade de uma cela do Pavilhão I, onde usaram os próprios lençóis como cordas para escalarem o muro e pularem para um matagal que fica no lado externo da prisão.

Os presos que escaparam foram identificados como sendo: Jonathan Renan Bezerra Xavier, Reginaldo Marques de Oliveira e Renato Oliveira dos Santos. Foram feitas inúmeras diligências, pela Polícia Militar e a equipe do Grupo de Escolta Penal (GEP), no entanto, até o fechamento dessa unidade, ninguém havia sido recapturado ainda.

O CPEAMN tem capacidade para 200 presos, nas alas do regime fechado, no entanto, a população carcerária é de 417 apenados.