TOQUE ESPORTIVO: UMA BOA NOTÍCIA RUIM

POR SÉRGIO OLIVEIRA

 

Pois é, o negócio parece meio contraditório quando é dito que existe uma boa notícia ruim. A notícia é boa quando se fala na possibilidade do retorno do público aos estádios, no caso, ao Maracanã com os jogos finais do Campeonato Carioca. Por enquanto, mesmo essa decisão acontecendo em duas partidas, essa possibilidade existe no sentido de que os portões sejam abertos somente no confronto final, segundo jogo. Seria aberto para 30 mil torcedores. Isso dentro do estádio, pois é aqui que reside a nossa preocupação em dizer que a boa notícia também é ruim. Primeiro a corrida pelos ingressos, mesmo sendo vendido de forma virtual, vai ser intensa devido a sua limitação e ansiedade do torcedor em querer retornar aos estádios. E, falando em estádio, cito um novo e mais perigoso complicador: O torcedor não ficar em casa e seguir, em grande número, e se concentrar no parte externa do Maracaná provocando assim aglomeração. E se as duas torcidas, de Flamengo e Fluminense resolverem fazer o mesmo, imagine o tamanho da confusão. Isso posto, podemos reafirmar que a possibilidade do retorno do torcedor nas arquibancadas é uma boa notícia ruim e, acrescentaria, muito perigoso.

 

POTIGUAR: MUITO ESTRANHO

 

Alguém consegue explicar o que aconteceu com o Potiguar? Nem de longe parece aquele time que engrenou três vitórias, e depois se perdeu por completo no Campeonato Estadual. Até gol de calcanhar anda tomando. Tudo muito estranho que mais parece algo de bastidores. Em campo os jogadores se mostram individualistas, querendo resolver tudo sozinho. Atitude totalmente equivocada já que estamos falando de futebol, modalidade esportiva extremamente coletiva.

A goleada por 4 a 1 sofrida para o Globo demostrou de vez que o ambiente no alvirrubro não é dos melhores. Isso quando o treinador não surta e é expulso, ou seja, é um clube e um time totalmente fora de sintonia, já que começou o ano com forte divergência administrativa de sua diretoria, terminando com mudança em sua presidência. O desenho é feio e, caso não consiga reagir, pode sofrer ameaça de rebaixamento. Título ou vaga em competição nacional, nem pensar. Potiguar no estadual, muito estranho.

 

ESCOLARES

 

A exemplo do que aconteceu ano passado quando começou a pandemia da Covid-19, mais uma vez os jogos escolares, seja estadual ou municipal, parecem prejudicados. Apesar do retorno gradativo das aulas no sistema híbrido, não existe a menor possibilidade de retomada dos jogos. Até a ideia inicial de realizar o evento com a presença apenas das equipes e com jogos em horários distintos para não aglomerar, também não vingará. Uma pena, porém é preciso entender que o momento ainda é delicado e é preciso se cuidar ao máximo no sentido de controlar o avanço da doença. Embora já exista uma certa flexibilização em relação a prática esportiva de forma coletiva.

 

VELOCROSS

 

Na cidade de Tibau uma boa notícia. Os praticantes do chamado Velocross receberam sinal verde da prefeitura para retomar suas atividades de treinos na pista do município. A própria prefeitura cuidou de recuperar o espaço e a turma já começou a usar. Existe inclusive, em futuro próximo, a possibilidade de um evento aberto aos pilotos locais e interessados de outras cidades. Para os amantes de uma boa moto que não compete, é a oportunidade de usar o espaço adequado para realizar suas manobras radicais, deixando, por exemplo, as ruas da cidades para o trânsito normal de carros e pedestres.

 

AVALIAÇÃO

 

Ao retomar minha rotina aqui no jornal O Mossoroense com a coluna Toque Esportivo, passei a acompanhar mais de perto os jogos do Campeonato Estadual e, infelizmente, não gosto do que estou vendo. O nível técnico não é bom, o que mostra a decadência do futebol do Rio Grande do Norte. Até o nosso principal produto, leia-se ABC e América, anda devendo. Vão precisar melhorar muito para nos representar bem no Campeonato Brasileiro. Embora o alvinegro esteja avançando de fase na Copa do Brasil, o que nos remete a um alento. Porém, no geral, nossas equipes se nivelam por baixo.

 

ARRUMANDO

 

Ele chegou e arrumou o time. Falo do treinador Renatinho Potiguar que já acumula dois resultados positivos depois que assumiu o comando técnico do Santa Cruz de Natal. Renatinho foi o técnico responsável pela conquista do primeiro turno, na maioria dos jogos, pelo time do Globo. Sem falar nos motivos deixou a equipe de Ceará-Mirim e agora comanda o Santa. Nos bastidores fala-se que ele não aceitou ingerência da diretoria da Águia em seu trabalho, por isso saiu. O que importa agora é o presente e mostra ser um profissional qualificado realizando um bom trabalho no novo clube.

 

QUEBRADO

 

A turma não deixa passar nada. Bastou a fornecedora do material esportivo do Corinthians divulgar a nova camisa do Timão para a gozação começar. A camisa que aparece nas imagens contem rachaduras em preto com o fundo branco. Nos comentários falaram que foi uma boa homenagem ao momento de poucos recursos financeiros que vive o clube paulista. Realmente, remete mesmo a uma cena de terra arrasada e é claro, o torcedor adversário não perdoa e tem recreado as redes sociais com a sua gozação. Querem até enquadrar o Corinthians na “Lei Maria da Moda”.

 

Rapidinhas

 

  • MONTEVIDÉU, no Uruguai, será a sede da final da Libertadores 2021. Estádio Centenário.

 

  • FRASQUEIRÃO, em Natal, tem sediado maioria dos jogos do estadual. O gramado sofre.

 

  • CANCELAMENTO dos Jogos Olímpicos no Japão. O pedido é do Sindicato dos Médicos. Covid-19.

 

  • BOA campanha e a liderança no Grupo C da Sul-Americana. É o Ceará, próximo da classificação.