TOQUE ESPORTIVO – PRA FRENTE BRASIL! SALVEM A SELEÇÃO!

POR SÉRGIO OLIVEIRA

 

Aqui não se trata de liberdade poética, é mudando mesmo para pedir mudanças. A canção que embalou as festas após as vitórias da Seleção Brasileira em 1970 dizia assim: “Todos juntos vamos, pra frente Brasil! Salve a Seleção!”. Aqui nós mudamos para pedir que, “Todos juntos vamos, pra frente Brasil! SALVEM a Seleção!”. Alguém pode pensar que estou maluco, ao pedir que salvem a seleção, já que o time vem de vitórias seguidas liderando as eliminatórias para a Copa do Mundo e vencendo também na Copa América. Vejam, tudo por aqui, nenhum teste mais competitivo. O futebol sul-americano hoje se nivela por baixo e, por ter individualmente alguns jogadores mais qualificados, o Brasil consegue se sobressair. No entanto, não se engane, olhando a composição técnica e tática do time comandado por Tite, e não digo que ele seja o culpado, a seleção nacional não mostrou nada que justifique, por esse ponto de vista, a campanha invicta. É salva, como já foi dito, pela força individual que não é o suficiente para encarar os adversários europeus na próxima fase da Copa do Mundo. Agora, para aqueles que defendem que futebol é resultado, e não deixa de ser verdade, o momento é realmente de festa. Se na Copa do Mundo jogar feio como vem jogando e for campeão, também valerá o resultado para o registro na história, assim como já foi na Copa do tetra nos Estados Unidos. Porém é apostar no limite acreditar que a atual seleção do Brasil consiga algo de positivo em 2022. No momento, não tenho como acreditar diferente, a tendência é repetir alguns vexamos de 2014. Só espero que não tenha mais nenhum placar humilhante que chegue aos sete gols. Isso posto, reforçamos o pedido para que salvem a seleção.

 

GOLEADO E GOLEANDO

 

Sempre vamos querer tudo, mas no momento a metade daquilo que se pretendia já serve para o gasto. Falo dos resultados dos dois representantes do Rio Grande do Norte no Campeonato Brasileiro da Série D, América e ABC. A última rodada terminou com um goleado e o outro goleando. O alvirrubro viajou até o interior da Paraíba onde enfrentou o Campinense e perdeu, 3 a 0. Em casa o alvinegro fez o seu papel, mesmo ser torcedor no Frasqueirão, sapecou 4 a 0 pra cima do Sousa, time também do futebol paraibano.

 

O que nos diz essa rodada? Bem resumido, repete-se aquilo que foi desenhado no Campeonato Estadual quando o América sequer conseguiu figurar entre os finalistas do turno e, sequentemente, da decisão geral do certame. Não mudou muita coisa e segue sem gerar qualquer expectativa positiva no seu torcedor. Já o ABC, embora viva momentos de oscilações, tem conseguido avançar, principalmente em competições nacionais. Torcer que o time acerte os pontos negativos e consiga avançar de fase no brasileirão.

 

COMEÇOU

 

Pode não parecer muito, porém esse sinal de que o pulso ainda pulsa, enche o seu torcedor de esperança. Começou a fase e treinos do Potiguar com sua categoria de base, sub-15. Trabalhos no campo da Ufersa que em breve também acomodará os treinos do time sub-17. Mais uma vez reforço os votos de sucesso a comissão técnica, aos jovens atletas e, força e coragem aos dirigentes lembrando que esse é o caminho, investir na base. No sábado, 19, tem avaliação técnica, o chamado “peneirão”, quando novos garotos com projetos de jogar futebol profissional, serão selecionados. A partir das 8:00 no campo da Ufersa. Pegue sua chuteira e participe.

 

INERTE

 

Em relação a vencer, somar pontos e lutar para sair da zona do rebaixamento, assim podemos dizer, o time do Cruzeiro de Minas Gerais, segue inerte no Campeonato Brasileiro da Série B. A situação é crítica para os mineiros. Mais uma rodada se passou e, nada de reação da “Rapousa” que afunda perigosamente em direção a Série C do brasileirão. Não duvidem, se isso acontecer, o próprio clube possa entrar em parafuso definitivo e até, anotem, fechar suas portas. Camisa forte, história bonita e estrutura de trabalho invejável, porém a falta de gestão competente para mudar o quadro atual, pode levar a esse quadro triste. É uma situação extremamente difícil.

 

O LEÃO

 

Pegando emprestado com o leão mossoroense, o Baraúnas, que anda em baixa, vamos gritar: “Sola o Leão!”. Esse leão é o Fortaleza, do vizinho Ceará, que vem mandando bem no Campeonato Brasileiro da Série A nas rodadas iniciais. Três jogos e, igual número de vitórias, com a liderança somando 9 pontos. Simplesmente sensacional a largada do tricolor de aço no certame 2021. E tem sido um ano vitorioso, pois já conquistou o estadual cearense e vem avançando de fase na Copa do Brasil, inclusive eliminando o seu mais tradicional adversário e concorrente, o time do Ceará. Até aqui o torcedor tricolor é só alegria. Aliás, acho até que 2021 já foi salvo. Para fechar com chave de ouro é só se manter na divisão de elite, já que, pensar em título já fica um pouco complicado, não impossível, porém difícil.

 

 

ACESSO

 

Voltando a Série B do brasileirão para falar da situação daquele quarteto que luta para retornar a divisão de elite, por enquanto, apenas o Botafogo-RJ aparece entre aqueles que teriam o acesso assegurado. Os cariocas, embora a pontuação não seja confortável, tem se mantido entre aqueles que oscilam entre entradas e saída no G-4. O Vasco conseguiu respirar um pouco depois de vencer na última rodada, porém ainda permanece perigosamente próximo a zona da degola. O Coritiba fica na área intermediária sem subir o descer. Por, esse já citamos em toque isolado, a situação desesperadora do Cruzeiro que não consegue sair do grupo daqueles que estariam rebaixados.

 

ELAS

 

A sorte foi lançada. A Seleção Brasileira de futebol feminino encerrou a sua fase de amistosos antes da estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Graças ao bom trabalho realizado pela técnica Pia Sundhage, as meninas do Brasil, como carinhosamente são chamadas, entram nas Olimpíadas com chance de medalha, resta saber a cor. Enfim, o importante agora é que não temos um grupo correndo atrás da bola, existe uma postura técnica e tática na seleção, situação observada em jogos amistosos que nós esperamos, se repita e melhore com bola rolando valendo três pontos. Elas merecem melhor sorte pelo esforço, dedicação e persistência em um país que, ainda, pouco investe na categoria, ou seja, futebol feminino.

 

Rapidinhas

 

  • BRASILEIRÃO é diferente de paulistão. O campeão São Paulo já sente isso.

 

  • GINÁSTICA Ritmica do Brasil vence Pan no RJ. Agora o foco são os Jogos Olímpicos no Japão.

 

  • SERÁ que dessa vez Messi consegue uma taça com a Seleção da Argentina? Vem tentando na Copa América.

 

  • MAIS três jogos e o Flamengo perde uma de suas referências no meio. Volante Gerson rumo a França.