TOQUE ESPORTIVO: O PULSO AINDA PULSA

POR SÉRGIO OLIVEIRA

Pois é, enquanto existir vida, existirá esperança e, no Potiguar, o pulso ainda pulsa. Na gangorra em que se transformou o returno do campeonato estadual, o time do Potiguar que chegou a viver uma ameaça de rebaixamento, hoje se encontra no páreo entre aqueles que disputam uma vaga para decidir a Copa Rio Grande do Norte (2º turno). Venceu na rodada do meio de semana, 4 a 3 contra o Força e Luz, ficando distante apenas dois pontos do América que é o líder. Claro, nada para animar o torcedor em termos de qualidade técnico do time, porém, como já disse em outra oportunidade, hoje no RN todos se nivelam. Assim fará a diferença aquele time que entrar em campo mais determinado, sendo pura transpiração. A classificação de momento é a seguinte: América soma 11 pontos; ABC tem 10 e na sequência aparecem Santa Cruz e Potiguar, cada um com 09 pontos. Na próxima rodada, entre o sábado, domingo e segunda-feira, acontecem os seguintes confrontos: Palmeira x Potiguar; Globo x Santa Cruz; ABC x América e; Força e Luz x ASSU. O turno segue aberto e é hora de mostrar, na prática, a valentia do clube que é chamado de Time Macho. Enfim, com os últimos resultados podemos dizer que, para o Potiguar, o pulso ainda pulsa.

 

OLIMPÍADAS E ESTADO DE EMERGÊNCIA

 

Mesmo o Japão e, principalmente a cidade de Tóquio que será a sede dos Jogos Olímpicos, vivendo estado de emergência decretado no final do mês passado, o Comitê Olímpico Internacional (COI) segue com o seu plano de não suspender a competição. Pelo contrário, anunciou agora que, até a data de abertura dos jogos 75% da Vila Olímpica estará vacinada. Aliás, o COI não afirma, ele apenas crê que isso acontecerá antes dos jogos programados para o período de 23 de julho a 08 de agosto.

Vejam que a previsão do presidente do Comitê, o alemão Thomas Bach, crê em um percentual de 75% das pessoas que ficarão na Vila Olímpica, e eu pergunto: E os outros 25% que estarão no mesmo espaço, e não é pouca gente, como ficam? Só lembrando que o Japão vive uma nova onda de contaminação pelo novo coronavírus e, após pesquisa, 85% da população já se manifestou contrária a realização do evento. A situação é delicada, porém como envolve muito dinheiro, estão querendo manter os jogos a qualquer preço. O que é lamentável e muito perigoso, pois todos os atletas depois dos jogos retornarão aos seus países de origem.

 

COZINHA

 

Para que seja conhecido o campeão paulista de 2021 Palmeiras e São Paulo farão dois jogos. Claro, diante da rivalidade e não podendo apoiar seu time nos estádios por conta da pandemia da Covid-19, as duas torcidas vão se alfinetando como e onde podem. Imaginem os senhores que até na cozinha de uma residência tem embate entre tricolores e alviverdes. Dois, dos três irmãos lá do espetinho no Santa Delmira em Mossoró-rn, se encontraram no espaço supra e mandaram seus recados. O palmeirense sapecou de pronto que, o São Paulo além de perder não marcará sequer um gol nas duas partidas. O são-paulino devolveu a provocação e disse que fará a festa do título no domingo com porco na brasa. Aguardemos o desfecho.

 

SURPRESA

 

Mais uma vez podemos dizer, coisas do futebol. Uma das grandes surpresas da rodada do meio de semana do certame potiguar foi o empate entre ASSU e Globo, 1 a 1. O campeão do primeiro turno, Globo, vinha empolgado naquilo que parecia uma recuperação no returno, porém esbarrou no último colocado. Essa é uma das vantagens do futebol em relação as demais modalidades esportivas, ser melhor e favorito, não garante vida fácil com bola rolando. A outra surpresa da quarta-feira, 19, podemos afirmar que foi o empate sem gols entre América e Palmeira. É amigo não tem como explicar, são coisas do futebol.

 

VISITANTES

 

Vitória mesmo na rodada, apenas dos visitantes. Isso mesmo, os visitantes não tomaram conhecimento dos seus anfitriões e, mesmo com placar apertado, deixaram o campo com vitória e a soma de mais três pontos. Além do Potiguar que jogou em Ceará-Mirim com mando de campo do Força e Luz, vencendo por 4 a 3, o outro time que venceu foi o ABC contra o Santa Cruz, 2 a 1. O interessante nesse jogo é o fato de, mesmo o mando de campo sendo do Santa Cruz, a partida aconteceu no estádio Frasqueirão de propriedade do alvinegro, ou seja, o time da cartilha não precisou sair de casa, porém atuou como visitante. Aqui podemos dizer: Coisas do futebol do Rio Grande do Norte.

 

NOSTALGIA

 

Na quarta-feira, 19, após uma reunião de trabalho de forma remota, o ambiente se transformou em sessão nostalgia sobre o futebol do RN entre os anos 70 e 80. Falou-se dos bons times que foram montados por Potiguar, ABC e América, terminando com uma análise interessante sobre a situação atual do Baraúnas. Disse um dos participantes do momento de descontração que, hoje no tricolor, quem renúncia ao mandato de dirigente resolve permanecer quando alguém se mostra interessado em assumir, por exemplo, o cargo de presidente. Aqui trato agora o assunto como sendo muito sério, pois essa postura só deixa distante o sonho de retorno do tricolor as suas atividades de campo.

 

VOLEIBOL

 

Uma boa notícia para o voleibol brasileiro e, é claro, para a família do técnico da seleção masculina de vôlei, Renan Dal Zotto. Nesta quarta-feira, 19, ele deixou o CTI do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, e foi transferido para uma unidade semi-intensiva. Renan Dal Zotto estava internado desde o dia 16 de abril depois que foi diagnosticado com Covid-19. Para os próximos dias, de acordo com a evolução de sua recuperação, ele espera receber alta e voltar para sua casa onde seguirá com o tratamento. Lembrando que o vôlei masculino do Brasil estará, se acontecer, nos Jogos Olímpicos de Tóquio e, dependendo da situação, ele vai junto.

 

Rapidinhas

 

  • O esportista mossoroense segue no aguardo da reforma definitiva do estádio Nogueirão.

 

  • NOS bastidores, já que a porta no Baraúnas anda fechada, João Dehon organiza o MEC.

 

  • SAI hoje ou não a resposta de Renato Gaúcho ao Corinthians? Expectativa.

 

  • A Fiorentina, da Itália, mostra interesse no treinador do Palmeiras, Abel Ferreira.