Técnico Artur Neto pede demissão no Goiás

A derrota do Goiás por 3 a 1 para o Santos no último domingo (18), na Vila Belmiro, foi a gota d’água para Artur Neto. Após a partida, o treinador pediu demissão ao Esmeraldino, que, por sua vez, promoveu o preparador físico Danny Sérgio ao cargo de técnico.

Segundo a nota oficial publicada no site do Goiás, Artur Neto alegou não ter conseguido fazer os jogadores entenderem seu trabalho. Ele perdeu todos os quatro jogos em que comandou o time. Agora, o Esmeraldino é o 18º colocado, com 31 pontos, dois a menos que o Avaí, primeiro fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva concedida ontem, o presidente do clube, Sérgio Rassi, afirmou que tentou negociar com todas as opções do mercado, mas não conseguiu contratar nenhum técnico de ofício. Sua confiança está depositada em Danny Sérgio, preparador físico escolhido para comandar a equipe nas próximas sete rodadas da competição. Com 37 anos de idade, ele trabalha há 16 no Goiás, sendo 12 na equipe profissional. Ao seu lado estará o auxiliar técnico Wanderley Filho.