Suspeito de executar médico em Triunfo Potiguar é preso em operação policial

Operação policial, comandada pelas equipes das Delegacias de Polícia Civil de Assú e Caraúbas, prendeu ontem Francisco Paulino da Silva Júnior, conhecido como “Fabinho de Duzentos”, suspeito de ter matado o médico Leonard Pereira de Macedo, 43, morto a tiros no dia 30 de setembro deste ano, na cidade de Triunfo Potiguar, região do Médio Oeste do Rio Grande do Norte.

Segundo informações repassadas pela Degepol (Delegacia Geral da Polícia Civil), após denúncias anônimas, o acusado foi preso por força de mandado de prisão preventiva, enquanto compareceu à DP de Assú para prestar depoimento sob a acusação de ter atirado em sua companheira, no dia 8 deste mês.

Segundo investigações policiais, foram contratados dois “pistoleiros” para executarem a vítima: Francisco Paulino, acusado de executar a tiros o médico; e Paulo César Cabral, 27, conhecido como “César de Assú”, acusado de dirigir o veículo usado durante o crime.

Paulo César Cabral já havia sido preso em flagrante no dia 1º de outubro, na zona rural de Triunfo Potiguar, após denúncias anônimas que informavam que um homem estava andando pelos sítios e amedrontando moradores da localidade. No mesmo dia, Paulo César foi identificado pelas roupas que usou durante o crime.

A polícia agora trabalha no sentido de identificar e prender os mentores da morte do médico Leonard Pereira.