Sesap faz reunião para definir acertos do protocolo sobre casos de microcefalia

Uma reunião na próxima segunda-feira (23), a partir das 16h, na Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), foi convocada pelo secretário estadual de Saúde, Ricardo Lagreca, em virtude do quadro de emergência decretado pelo Ministério da Saúde diante do aumento significativo dos casos de microcefalia no Rio Grande do Norte.

Foram convidados representantes do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) – definido como referência para o atendimento aos casos de bebês nascidos com microcefalia no RN- técnicos da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS), Conselho Estadual de Saúde (CES), Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems), além do infectologista Kleber Luz e profissionais de diversas coordenadorias da Sesap, como a de Promoção à Saúde (CPS), Hospitais e Unidades de Referência (Cohur), Planejamento (CPCS), Recursos Humanos (CRH) e Complexo Estadual de Regulação (CER).

“Vamos discutir o protocolo local para o acompanhamento dos casos de microcefalia e fazer os acertos e combinados para o fechamento deste documento”, explicou a coordenadora de Promoção à Saúde, Cláudia Frederico. Como preconiza o Ministério da Saúde, o protocolo deve conter toda a linha de cuidado dos casos, tanto com relação às crianças que apresentaram o problema ao nascer, quanto aos casos diagnosticados já no pré-natal.

Já está definido que os boletins com os números de casos de microcefalia serão divulgados todas as quartas-feiras. Até o dia 17 de novembro, haviam sido confirmados 47 casos, número considerado elevado, uma vez que a média anual era de dois a três casos.