Servidores da Saúde suspendem atendimento devido a atraso no pagamento dos plantões

Pelo segundo mês consecutivo, os servidores municipais da Saúde suspenderam atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em protesto ao atraso no pagamento dos plantões e gratificações. O ato de protesto ocorreu ontem.

Os servidores também realizaram manifesto em frente ao Palácio da Resistência, sede da Prefeitura Municipal de Mossoró. O ato público dos servidores contou com o apoio dos vereadores Genivan Vale (Pros) e Tomaz Neto (PDT).

Ao chegarem à Prefeitura, os trabalhadores encontraram os portões trancados com cadeados, como está sendo de costume na maioria das manifestações que ocorrem na sede do Executivo. Porém, após muita insistência, os servidores foram recebidos pela secretária-chefe de Gabinete, Glaudionora Silveira.

Na reunião, a secretária ligou para o secretário municipal da Fazenda, Jerônimo Rosado, que repassou informações de que os valores referentes ao pagamento dos plantões e gratificações seriam, provavelmente, depositados na próxima terça-feira.

“Temos um calendário de pagamentos para o dia 30 ou 31 de cada mês, mas a Prefeitura publicou decreto parcelando o pagamento dos servidores da Saúde. Com a mudança, o salário-base foi pago no final do mês e as gratificações deviam ter sido depositadas no último dia 10”, explica o dentista Adílio César.

Ele informa que no mês passado a Prefeitura não cumpriu o que determinava o decreto, atrasando o pagamento dos plantões e gratificações. “E neste mês a situação se repete. Isso é inadmissível”, diz o servidor.