Sérgio Oliveira

Termina hoje a temporada 2015 do futebol brasileiro, com a última rodada do certame nacional, isso na Série A, pois já se tem concluídos os jogos das Séries B, C e D. Mas, o que observamos ao final de tudo, antecipando aqui uma breve avaliação do que aconteceu nos meses que se passaram, é que o futebol do Rio Grande do Norte fecha o período em baixa. O time do Globo não vingou na Série D, o América-RN foi pior na Série C quando não conseguiu sequer passar da primeira fase e, na Série B, a confirmação de um fracasso anunciado com o ABC sendo rebaixado no ano do seu centenário. É preciso que nossos cartolas possam reavaliar a situação, alguns clubes estão mudando suas diretorias e, quem sabe, algo de diferente possa ser feito em 2016 para sonharmos com voos maiores, ou melhor, que consiga levantar voo, e não continuar ladeira abaixo.

FESTA

A semana fechou com a torcida do Palmeiras fazendo festa. Se não deu para o time no Campeonato Brasileiro, o caminho encontrado, por exemplo, para chegar a Copa Libertadores foi o título da Copa do Brasil. Isso ameniza, com toda certeza, a frustração de mais um ano sem sequer chegar perto do título da Série A.

REBAIXAMENTO
É hoje. Pois é, não passa deste domingo a definição das quatro equipes rebaixadas do Campeonato Brasileiro da Série A para disputar a Série B na próxima temporada. Pelos números, um com menos e outros com maiores possibilidades de se salvar, são cinco equipes para fugir de três vagas na degola. São eles, pela ordem de dificuldade: Goiás, Vasco, Figueirense, Avaí e Coritiba.

REBAIXAMENTO 2
Pela ordem do grau de dificuldades para se manter na elite do futebol nacional, como podemos observar, as situações de Goiás e Vasco são as piores, ao lado do Figueirense. Creio que uma das três vagas para se juntar ao Joinville, já pertence ao time goiano. Precisa vencer e contar com uma série de outros resultados. É quase impossível se livrar.

DEZEMBRO
Enfim, chegou dezembro. Além do registro daquelas equipes que já começam a treinar, esse o ponto positivo da história, tem o outro lado da moeda. A partir de agora, até janeiro, se vencem os laudos liberando os estádios do Rio Grande do Norte para o Campeonato Potiguar. É bom cuidar logo, vamos evitar cenas desagradáveis vistas esse ano em alguns jogos, ou, antes destes começarem. Não tendo o laudo, não funciona.

CONTINUA COM NOVE

Bom, por enquanto o Campeonato Potiguar 2016 segue com apenas a saída já oficializada do Santa Cruz-RN, ou seja, caindo de dez e se mantendo em nove participantes. As duas outras ameaças de licenciamento, parece que deram uma recuada nos últimos dias, embora permaneça a tensão se baixará ou não para sete participantes.
Torçamos para que isso não aconteça, mas, como disse outro dia, tem gente que defende o número de oito participantes como ideal para o futebol do RN. Só para lembrar, além do Santa, que já saiu, quem anda ameaçando tomar o mesmo caminho são as diretorias do Coríntians de Caicó e do Potiguar.

APRESENTAÇÃO

Diferente do seu rival que anda falando em crise e até em desistir de participar do certame Estadual, o Baraúnas entra em uma semana importante. Para o dia 10, quinta-feira, manteve a apresentação e início de trabalho com seus jogadores. Terá assim um tempo maior para que o treinador Givanildo Sales prepare a equipe para a estreia no dia 24 de janeiro, em Assu.

AO todo, a Justiça dos Estados Unidos indiciou 16 dirigentes. Corrupção na Fifa.
POR falar em investigação, não se tem muita informação sobre a CPI da CBF.
ANTES de montar o time do Estadual, o Alecrim ainda tem eleição para presidente.
DE saída do São Paulo, Luís Fabiano disse que não sabe o motivo.