Sérgio Oliveira

Teve a reunião, ninguém parece haver reclamado, aprovaram o regulamento, certamente existiu concordância. Eis que agora surge a primeira voz contrária a nova forma de disputa do Campeonato Potiguar 2016 que inclui, entre as mudanças, jogos aos domingos pela manhã, a partir das 9h30. A informação que chega de Natal é que o horário recebeu críticas da diretoria do América, considerando que o público pode não comparecer dentro do esperado, por conta do calor. Entendo que o momento de apresentar queixa já passou, pois o clima ou temperatura do horário era conhecido desde o momento da apresentação da proposta. No caso, se fincar pé e não abrir mão estará correta a Federação em seu posicionamento. Uma coisa é certa, em Mossoró abrir o Nogueirão para jogos nesse horário nem pensar.

OITO

Para quem defende um campeonato com oito equipes, a proposta não anda distante de ser posta em prática. Seriam dez times no certame potiguar e futebol profissional, o Santa Cruz-RN desistiu e o Coríntians de Caicó ameaça fazer o mesmo. Isso acontecendo, com os dois sendo punidos por dois anos de afastamento, fica tempo suficiente para testar, quem sabe, com a diminuição da quantidade, o espaço seja ocupado por qualidade. É o que se defende.

GAP
Muito bom o trabalho que vem sendo realizado pelo Grupo de Apoio ao Potiguar (GAP), reativado para a temporada 2016. Promoções com o terceiro uniforme do alvirrubro já foram realizadas com sucesso e agora eles preparam a venda de ingressos antecipados para a próxima temporada. A largada será dia 5, sábado, com um evento no Clube da Cosern.

POSIÇÃO
Mesmo a seleção brasileira já tendo completado o seu calendário em 2015, voltou a ser foco de polêmica. Cobrado pela presença de Ganso nos próximos jogos, o treinador Dunga foi taxativo: não tenho pretensão tão cedo. Parece que o espaço de voo de Ganso com Dunga não é dos melhores.

CAICOENSE
Enquanto a diretoria do Coríntians de Caicó busca jogadores fora de casa, os seus conterrâneos resolvem tentar a sorte em outras praças. É caso do jovem zagueiro Filipe Elói, com apenas 18 anos, em maio de 2015 ele deixou Caicó com destino a Mossoró, defendeu o Potiguar no estadual sub-19, aprovou e agora é relacionado para defender o time principal no Estadual 2016. Em casa de ferreiro o espeto é de pau.

“PERIQUITO” LEVANTA VOO

Ainda é um voo tímido, mas finalmente se ouviu falar alguma coisa do time do Alecrim, o “Periquito”, para a próxima temporada. Digo que é um voo tímido pelo fato de ainda não falar em comissão técnica e, menos ainda em jogadores para compor seu elenco.
Por enquanto o ambiente no clube alviverde ainda é de eleição. A atual diretoria abriu o processo sucessório e duas pessoas mostraram interesse de concorrer ao cargo de presidente. São eles o sociólogo João Bosco e o empresário Francisco Valério. Se não existir acordo, vão disputar o voto e, perder mais tempo para se dedicar ao elenco. O Alecrim estreia no Estadual contra o América.

FECHANDO

O gerente de futebol Zezinho Mossoró me disse esta semana que, nesse momento, o elenco do Baraúnas praticamente foi fechado para 2016. O complemento, acrescentou ele, será a negociação com os jogadores que já residem em Mossoró. Claro, sempre acontecem ajustes, mas essa é uma boa notícia para o torcedor do tricolor que andava apreensivo.

O meia Jean, ex-Potiguar, ABC e Botafogo-RJ, acerta com o Bangu para o estadual carioca.
CENI pode ser treinador. Mas, adianta, não vai treinar rivais do São Paulo.
FESTA em Fortaleza. É o torcedor do Ceará aliviado por não ser rebaixado para a Série C.
NO Fla, depois de falar em Muricy, oposição quer Sampaoli.