Sérgio Oliveira

Eu diria que no Dia de Finados algumas homenagens foram rendidas ao ABC que passou para o estágio final das chances matemáticas de permanecer na Série B e não ser rebaixado para disputar o Campeonato Brasileiro da Série C na próxima temporada. Na semana passada, usando um ditado popular eu disse que o alvinegro estava só arquejando, porém agora, depois da derrota por 3 a 2, para o Sampaio Corrêa no Frasqueirão, em Natal, podemos dizer que o time respira por aparelhos, ou seja, se desligarem cai de vez. Depois do que foi exposto acima, não acreditando mais na salvação do ABC, só um milagre, podemos dizer que teremos em 2016 um clássico de terceira. Isso mesmo, ao chegar na terceira divisão do futebol nacional a equipe alvinegra irá encontrar o seu maior rival, o América-RN, que não conseguiu sequer avançar de fase, apesar da campanha razoável. Cenário que depõe contra o futebol do Rio Grande do Norte que não conseguiu nada na Série D (quarta-divisão) com o Globo, estacionou na Série C e agora vive a iminência de perder sua vaga na Série B, ou seja, cada vez mais distante da elite nacional.

CEARÁ

O time do Ceará, que entra na reta final da Série B do Brasileirão ainda na zona do rebaixamento, deu uma reagida. Venceu o Mogi Mirim, em São Paulo, e diminuiu para três pontos a diferença para o Macaé-RJ, primeiro time fora do chamado Z4. Mas, ainda não tem situação definida, pois não depende apenas dos seus resultados, ou seja, tem que vencer e ficar na torcida que o concorrente não consiga pontuar.

SESC
Para quem tem fôlego e gosta de maratona, lembro do evento que é preparado pelo Sesc para Mossoró. Este mês, como mostra matéria acima, teremos a Mini Maratona Sesc. Inscrições continuam aberta e daqui desejamos sucesso, já que em Mossoró existem muitos praticantes de atletismo.

RECUANDO
O Mossoró Esporte Clube poderia ser um dos dois representantes do Rio Grande do Norte na Copa São Paulo de Juniores, infelizmente, desistiu da vaga. O Palmeira de Goianinha, campeão potiguar da categoria, continua, porém o Santa Cruz-RN vice-campeão, desistiu. Com isso, a vaga seria do Globo que também abriu mão. Assim o MEC, quarto colocado, ficaria com a vaga. Só que, seus dirigentes também abriram mão do direito, e a vaga agora será ocupada pelo ABC, quinto colocado, porém com uma visão diferente do futebol. Sabe da importância do torneio paulista e, da necessidade de manter sua base na ativa.

ARTILHEIRO
Bem que a frase de Zagallo, “Vocês vão ter que me engolir”, poderia ser dita pelo atacante Vagner Love direcionada à torcida do Corinthians. O jogador entrou na reta final do Campeonato Brasileiro da Série A fazendo aquilo que o consagrou na carreira, muitos gols. Mas, taticamente, é preciso também reconhecer a postura do atacante que tem contribuído de forma decisiva para a campanha corintiana rumo ao título da temporada. Às vezes não faz o gol, mas tem participação direta na sua jogada. Derruba assim os críticos das ditas torcidas organizadas.

TUDO É EXPECTATIVA EM MOSSORÓ

Situação comum a qualquer equipe de futebol, o período para os inativos, em particular, é de arrumação de casa. Não seria diferente para Potiguar e Baraúnas que estão conversando com possíveis treinadores, buscando parceiros para questão financeira e, já analisando nome de futuros jogadores.
Aqui, peça fundamental para encaminhar as demais, destaco as parcerias. Torcendo para que a base do apoio da prefeitura seja mantida, sem no entanto esquecer a necessidade da iniciativa privada também abrir suas portas com maior atenção para o futebol. É sempre um sonho que se renova, reconhecendo que a iniciativa local neste sentido ainda é tímida.

TOALHA

Parece-me que jogaram a toalha no ABC e, para se livrar da pressão natural do momento ruim, já se fala em Natal em vender o mando de campo. Por exemplo, quem quiser o jogo ABC e Botafogo-RJ em sua cidade é só apresentar a proposta financeira à direção do clube. Agora, como existem outras classificações em jogo, será que as demais equipes irão aceitar essa situação? Caso contrário, é uma boa alternativa vencer o mando de campo, diminui despesa e pode até ganhar dinheiro extra.

A semana começa com José Maria Marin deixando a Suíça e sendo levado para os EUA.
VEREADORA Izabel, em Mossoró, critica R$ 12 milhões pagos na Arena das Dunas em tempo de crise.
O valor de R$ 12 milhões, disse a vereadora, é pago pelo Estado.
TEM razão a edil. Também teria se falasse no auxílio residência para membros do Tribunal de Contas do RN.