Sérgio Oliveira

Aula de educação física. Quem tem 40 anos com certeza lembra e sabe do que estou falando. Acho que é chegado o momento de fomentar a luta pelo retorno desta atividade no cotidiano dos estudantes, principalmente de primeiro e segundo graus, hoje, ensino fundamental e médio. Como falar do Brasil, como um país olímpico, se não trabalhamos a base e, nada melhor do que começar pela escola. A educação física também agrega, com mais facilidade, o aluno ao ambiente escolar, por isso vejo como redobrada a sua importância e, não entendo os motivos de sua inexistência nos tempos atuais. Ao invés de deixar o aluno apenas no balcão da lanchonete ou enterrado nas chamadas redes sociais, precisa-se dividir esse tempo com a saudável atividade da prática desportiva e a sua preparação física. Então, vamos fomentar a luta pela volta das aulas de educação física nas escolas.

REFLETORES

Enfim, quando será concluída a promessa de colocação de refletores nos campos de várzea em Mossoró? Já noticiei também que os postes foram colocados, por exemplo, no campo da Estrada da Raiz, mas, quando os desportistas da área terão iluminação artificial? Vão esperar o ano da eleição? Gente, isso é perigoso, pois a Justiça Eleitoral está de olho nas astúcias. Chega de peraltices.

CARIOCAS
Hoje tem Vasco e Fluminense pela Série A do Brasileirão. De um lado o time Cruz-maltino tenta vencer para aumentar a chance de se livrar do rebaixamento, do outro o Flu querendo voltar a vencer para pôr um fim na sequência de resultados negativos, pois vem em queda livre. Clássico de muita tensão.

DIFERENÇA
Jogo interessante também entre o líder Corinthians e o segundo colocado Atlético Mineiro. Mas, pela diferença de pontos, o máximo que pode acontecer é diminuir a distância. O primeiro soma 70 contra 62 do segundo. Pode cair para 5 a diferença, ou ser ampliada para 11. E haja emoção no Brasileirão.

DEPUTADOS
O deputado estadual que votou pelo aumento de impostos no Rio Grande do Norte bem que poderia lembrar em pedir mais apoio ao esporte. Os mais próximos, Souza da região Costa Branca e Galeno, Médio e Alto Oeste. Graças a eles os potiguares pagarão impostos mais caros, porém, ninguém sabe ao certo se retorna em investimento e, se acontecer, se o esporte será ou não beneficiado.

DEFESA PESSOAL E DISCIPLINA

Batendo com técnica e responsabilidade. Essa é a postura daqueles que fazem opção, como prática esportiva, por uma arte marcial. É um esporte de contato direto, sujeito a lesões, sim é verdade, mas quem treina, apura sua técnica e, mantém uma sequência nesta atividade, certamente saberá como melhor se proteger das contusões.
Praticar arte marcial vai além da troca de golpes, pois prepara também para a vida. A vida nas ruas como defesa pessoal e, a vida no relacionamento com o próximo, pois exercita a disciplina. Um cidadão disciplinado, certamente também se tornará alguém mais respeitador, uma pessoa do bem. Desvios de conduta para praticar o que é errado, acontecem em todos os setores, mas quando bem orientado o praticante de arte marcial evita esse tipo de comportamento.

PAULISTAS

Teremos na rodada do Campeonato Brasileiro da Série A uma boa ideia do que será a decisão da Copa do Brasil. Hoje, entre os muitos clássicos que compõem esta competição nacional, acontece o confronto entre Santos e Palmeiras, os finalistas da Copa BR. Jogam agora pensando no amanhã. Será que tem como esconder alguma carta na manga? Missão para os dois treinadores.

SELEÇÃO brasileira não é notícia sequer no site da CBF. Só na véspera do jogo.
ESSA postura da seleção é a mesma para as convocações. Por isso a dificuldade.
SEM treinar, sem ter jogada ensaiada pronta para surpreender, não prospera no futebol.
HOJE estarei em Guaramiranga, no Ceará. Bela serra e paisagem de tirar o fôlego.