Senado realiza debate hoje no RN sobre violência contra mulher

O Senado Federal realiza audiência sobre violência contra a mulher, hoje, às 9h, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN). A iniciativa é da senadora Fátima Bezerra (PT), que informa que o debate discutirá políticas públicas para combate do problema.

Confirmaram presença o senador Garibaldi Filho (PMDB) e as deputadas federais Zenaide Maia (PR) e Luizianne Lins (PT/CE), relatora da Comissão Permanente Mista de Combate à Violência Contra à Mulher (CMCVM).

Foram convidados para a audiência representantes de diversas instituições civis e governamentais, além da sociedade como um todo. Os dados relativos à violência contra a mulher no Rio Grande do Norte serão apresentados na ocasião.

A senadora Fátima Bezerra ressalta que a violência contra as mulheres segue vitimando milhares de brasileiras. Segundo dados revelados pelo balanço dos atendimentos realizados em 2014 pela Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), 43% das mulheres em situação de violência sofrem agressões diariamente; para 35%, a agressão é semanal.

Ela lembrou ainda que, em 2014, do total de 52.957 denúncias de violência contra a mulher, 27.369 corresponderam a denúncias de violência física (51,68%), 16. 846 de violência psicológica (31,81%), 5.126 de violência moral (9,68%), 1.028 de violência patrimonial (1,94%), 1.517 de violência sexual (2,86%), 931 de cárcere privado (1,76%) e 140 envolvendo tráfico (0,26%).

“Entre 1980 e 2010 foram assassinadas mais de 92 mil mulheres no Brasil, 43,7 mil somente na última década. Precisamos de um basta nisso”, frisa.