Semifinais da Liga dos Campeões: o que podemos prever?

Uma coisa já é certa sobre a final da Liga dos Campeões 2020/21; será um confronto entre um time que já foi campeão contra outro que busca o seu primeiro título na competição.

As semifinais tem de um lado o maior campeão da Liga com 13 títulos, o Real Madrid, contra o campeão de 2011/12, o Chelsea. Na outra chave se enfrentam o Manchester City e o vice-campeão do ano passado, o Paris Saint-Germain.

Se pensarmos a nível de tradição, o Real Madrid seria franco favorito a levantar a taça da competição, porém os números da temporada não confirmam esse favoritismo. Ao analisarmos o aproveitamento de cada time em todas as competições, além da quantidade de gols marcados e sofridos, o Manchester City aparece com uma superioridade em relação aos outros três semifinalistas da Liga dos Campeões.

Na temporada 2020/21, são 50 jogos do Manchester City, com 84% de aproveitamento e uma média de 2,2 gols marcados e 0,6 sofridos por jogo. Já o PSG jogou 46 vezes, com aproveitamento de 70,3% ( média de 2,2 gols marcados e 0,8 sofridos). O Real Madrid aparece um pouco abaixo nestas métricas, tendo jogado 42 vezes, com 68,3% de aproveitamento (média de 1,7 gols marcados e 0,9 sofridos). Por último, Chelsea tem desempenho muito similar ao do time espanhol, 47 partidas, 66% de aproveitamento (média de 1,8 gols marcados e 0,8 sofridos).

Real Madrid x Chelsea

É difícil cravar um favorito na primeira semifinal da Liga dos Campeões, já que Real Madrid e Chelsea têm números muito parecidos nesta temporada. No histórico do confronto, o time inglês leva vantagem, tendo vencido o Real nas finais da Recopa Europeia de 1971(1×1 no jogo de ida e 2×1 no jogo de volta) e da Supercopa da UEFA em 1998 (1×0 para o Chelsea). Essa será a quarta partida entre os times, que nunca se enfrentaram na Liga dos Campeões. O Chelsea disputará a sua oitava semifinal da Liga, se tornando o time inglês com maior número de participações nesta fase. O Real Madrid chega a sua 14ª semifinal, sendo o recordista absoluto em participações.

As casas de apostas apontam um ligeiro favoritismo para o time espanhol, já que a equipe vive um momento bom, após uma sequência de vitórias recentes, inclusive no clássico contra o Barcelona. Já o Chelsea vive uma fase um pouco irregular. Teve dificuldades contra o Porto nas quartas de final (perdeu o jogo em casa) e recentemente levou 5 x 2 do West Bromwich no campeonato inglês.

Manchester City x PSG

O Paris Saint-Germain de Neymar e Mbappé tem um confronto duro pela frente. O Manchester City chega à semifinal como o único time invicto na competição, ostentando a melhor defesa (apenas 3 gols sofridos) e o melhor ataque (21 gols empatado com o rival francês). É a primeira semifinal do time sob comando de Pepe Guardiola e é apenas a segunda da história do clube. A primeira foi em 2016, tendo eliminado justamente o PSG nas quartas de final, com Kevin De Bruyne fazendo o gol da vitória.

Atualmente o Manchester City possui o elenco mais valioso do mundo (1,03 bilhões de euros). Já o elenco do time francês vale 828,8 milhões de euros. Em poucos confrontos, o PSG nunca venceu o Manchester City na história. Terá a chance de mudar essa situação nesta quarta-feira (28), no Parque dos Príncipes. Para isso conta com o talento de Neymar e Mbappé, atual vice-artilheiro da competição, com 8 gols.