Segundo pesquisa, a região brasileira que mais lê é o Nordeste

João Pessoa lidera o ranking nacional

De acordo com levantamento, entre as dez capitais brasileiras que mais leram em 2019, cinco delas estão localizadas no Nordeste. O ranking compõe um novo dado divulgado pela 5º edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, promovida pelo Instituto Pró-Livro, publicado em primeira mão pela revista Veja. Na campeã João Pessoa, capital da Paraíba, 64% da população é apontada como leitora, seguida por Curitiba, que figura 63%, Manaus, com 62%, Belém, 61%, e São Paulo, em que 60% dos indivíduos são considerados leitores. O restante dos dez primeiros postos do ranking ficaram com Teresina (59%), São Luís (59%), Aracaju (58%), Salvador (57%), e Florianópolis (56%), respectivamente.

Para obter o resultado da pesquisa, o órgão entrevistou mais de 8.000 pessoas em todos os estados brasileiros, entre outubro do ano passado e janeiro de 2020, considerando como leitor os que leram ao menos um livro nos três meses que antecederam a consulta. Em João Pessoa, a média no trimestre foi de 4,09 livros, número que sobe para 8 se analisarmos os doze meses antecessores, mais da metade dos livros foram consumidos por vontade própria.  Os dados ainda apontam que entre os pessoenses, 75% dos leitores ocupam as classes B ou C, enquanto a classe A representa apenas 8%, situação que se repete no cenário geral.

Confira o percentual de leitores por capital:

João Pessoa (64%)

Curitiba (63%)

Manaus (62%)

Belém (61%)

São Paulo (60%)

Teresina (59%)

São Luís (59%)

Aracaju (58%)

Salvador (57%)

Florianópolis (56%)

Vitória (55%)

Fortaleza (54%)

Belo Horizonte (53%)

Porto Alegre (52%)

Recife (52%)

Cuiabá (52%)

Palmas (52%)

Macapá (51%)

Porto Velho (51%)

Rio Branco (49%)

Natal (48%)

Rio de Janeiro (47%)

Goiânia (42%)

Maceió (37%)

Campo Grande (26%)

Boa Vista (em apuração)

Contém informações da Veja*