Secretarias estadual e municipal emitem notas sobre vacinas vencidas e casos em Mossoró são descartados

segundo MS, cerca de 26 mil pessoas foram vacinados com o imunizante fora do prazo.

A notícia de que milhares de pessoas pelo país foram vacinadas com o imunizante AstraZeneca com prazo de validade vencido, movimentou a tarde desta sexta-feira (02) em todo o Estado.

Apesar da preocupação geral, tanto o Governo do Estado, quanto a Secretaria Municipal da Saúde de Mossoró emitiram notas. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informa que todos os cuidados foram tomados na distribuição das doses emitidas pelo Ministério da Saúde e verificados também quanto à data de validade.

A Secretária de Saúde de Mossoró tranquiliza a população sobre casos na cidade de vacinação com o imunizante fora do prazo. Segundo o MS, cerca de 26 mil pessoas foram vacinadas com a vacina AstraZeneca com a validade expirada.

Gráfico: UOL.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Confira notas da Sesap/RN e da Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró:

 

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA

Natal (RN), 02 de Julho de 2021.

 

NOTA

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esclarece que todas as doses dos imunizantes recebidos do Ministério da Saúde, incluindo os lotes da Astrazeneca apontados com aplicação vencida, foram distribuídas e entregues em tempo oportuno às regionais de saúde e para os municípios dentro do prazo de validade. Todas as doses são conferidas e protocoladas antes da efetivação da distribuição, passando por um processo de conferência a cada remessa executada pela Rede de Frio do Estado do Rio Grande do Norte, o que assegura que as doses saiam da Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) com qualidade aferida.

A equipe de imunização da Sesap aponta que possa ter ocorrido o tardio registro na plataforma, que faz com que a data da aplicação do imunizante seja diferente da data que realmente foi aplicado. É importante ressaltar que, como orienta o Ministério da Saúde, cabe aos gestores locais do SUS o armazenamento correto, acompanhamento da validade dos frascos e aplicação das doses, seguindo à risca as orientações do Ministério.

Neste momento, a equipe trabalha em diálogo com os municípios para conferir todas as doses que estão apontadas como vencidas para alinhar e orientar as melhores medidas que serão estabelecidas a partir do resultado desta análise.

 

Foto: Wilson Moreno.

Nota de Esclarecimento da Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró

A Secretaria Municipal de Saúde comunica que não houve aplicação de doses fora do período de validade contido em bula, uma vez que, todas as remessas de imunizantes que chegam ao município de Mossoró são utilizadas de forma imediata, após verificação local que sucede a conferência feita pela própria Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP-RN).

Salienta-se que a pasta estadual garante que todas as doses são conferidas e protocoladas. Nós, enquanto município, fazemos o mesmo, atendendo as normas de biossegurança, antes do uso de qualquer imunizante contra a Covid-19.

Acreditamos que pode ter ocorrido o registro tardio das doses aplicadas na Plataforma RN Mais Vacina, bem como, reforçamos o correto armazenamento das vacinas, o acompanhamento das suas validades e a rápida aplicação dos imunizantes.

Mossoró, 02 de julho de 2021.

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde
Prefeitura de Mossoró