SAVE RALPH

 

Save Ralph

A animação dirigida por Spencer Susser para a Humane Society, com 2 milhões, 738 mil e 220 visualizações, é o carro chefe da campanha global para proibir os testes de cosméticos em animais lançada no YouTube aos 16 de abril de 2021. Save Ralph (Salve Ralph) é um manifesto incrivelmente bem bolado. Assista e, se desejar, comente na coluna.

 

 

Assassinato

O policial civil Kleber Mota da Nóbrega, 49, assassinado na madrugada desse domingo em São José do Mipibu-RN, na Grande Natal, tinha raízes familiares em Mossoró. Ele era filho de Ilnah da Mota Nóbrega e neto de Lisete Rosado da Mota, esta que, por sua vez, era filha do médico Jerônimo Rosado Filho, o Rosadinho, primeiro dos 21 numerados do farmacêutico Jerônimo Rosado.

 

Covardia

Kleber estava com amigos em uma conveniência quando os bandidos chegaram. Testemunhas afirmam que ele não esboçou qualquer reação e, mesmo assim, foi executado covardemente com um tiro na nuca, no instante em que o identificaram como policial. As imagens são chocantes pela expressão da crueldade e do desprezo pela vida humana.

 

 

Faltou vacina

A Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró criou um balão de ensaio – que acabou estourando – ao aplicar, como primeiras, as doses de vacinas contra Covid-19 destinadas ao reforço. Tudo isso para dar a falsa impressão de que a cidade estava à frente das outras no ritmo da vacinação.

 

Faltou humildade

O “erro de cálculo” ocasionou a falta de vacina para a segunda dose e uma enxurrada de críticas à administração municipal nas redes sociais. O jeito foi pedir ajuda à governadora Fátima Bezerra (PT), que, segundo fontes, surpreendeu-se com o tom “alterado” do prefeito Allyson Bezerra (SD).

 

Faltou planejamento

As autoridades municipais tentaram culpar o governo do Estado e até o acusaram de conceder privilégios à capital, mas não convenceram. O problema é que Mossoró não se planejou e não adquiriu, por exemplo, equipamentos de refrigeração adequados para estocar uma quantidade maior de doses.

 

Fátima Bezerra socorreu Mossoró

A vacinação foi retomada domingo em Mossoró porque Fátima Bezerra usou a Reserva Técnica do Estado e nos mandou 840 doses. Não vi nenhum agradecimento público.

 

Pavimentação de Itajá

O prefeito Alaor Pessoa (Progressistas), reeleito com 65,46% dos votos em 2020, inaugurou a pavimentação de 11 ruas no município de Itajá-RN. O deputado federal Beto Rosado (Progressistas) esteve presente. São dele, emendas de R$ 1,2 milhões para investimentos em infraestrutura no município e que financiaram as obras.

 

 

Visita virtual

Pacientes internados em unidades hospitalares públicas e privadas do RN ganharam direito a visitas e atendimentos religiosos por meio de videoconferência, desde que tenham autorização médica. O benefício decorre da Lei Nº 10.868/21 de autoria da deputada estadual Eudiane Macedo (Republicanos) que acaba de ser sancionada.

 

Tudo é essencial

Depois de a Câmara Municipal de Grossos enquadrar manifestações religiosas como atividades essenciais, vem a Assembleia Legislativa e cria duas outras categorias: escolas e academias. Ah, para a Câmara de Natal, essenciais são os bares e restaurantes. Toda atividade é essencial, menos o populismo que atrapalha o enfrentamento da pandemia.

 

 

Filha inocenta Flordelis

O caso da morte do pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, em Niterói (RJ), ganha a cada dia elementos mais surpreendentes. Ontem, a filha  biológica da deputada Flordelis (PSD-RJ), Simone dos Santos Rodrigues, prestou depoimento ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Federal afirmando que a mãe é inocente.

 

Pastor assediava a mandante do crime

Simone confessou haver dado R$ 5 mil reais a Lucas dos Santos de Souza, por intermédio de Marzy Teixeira, ambos seus irmãos adotivos, para que se “resolvesse a questão” matando o pastor. A mandante teria encomendado a morte de Anderson do Carmo porque era assediada sexualmente por ele.

 

Soneto do amor total

 

Vinícius de Moraes

 

Amo-te tanto, meu amor… não cante

O humano coração com mais verdade…

Amo-te como amigo e como amante

Numa sempre diversa realidade

 

Amo-te afim, de um calmo amor prestante,

E te amo além, presente na saudade.

Amo-te, enfim, com grande liberdade

Dentro da eternidade e a cada instante.

 

Amo-te como um bicho, simplesmente,

De um amor sem mistério e sem virtude

Com um desejo maciço e permanente.

 

E de te amar assim muito e amiúde,

É que um dia em teu corpo de repente

Hei de morrer de amar mais do que pude.