Sarau da UFRN em Caicó reúne trovadores da Academia de Trovas do Rio Grande do Norte

Hoje, às 19h, no Centro Regional de Ensino Superior do Seridó (Ceres-Caicó), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), será realizado um sarau artístico-cultural, inserido na programação intitulada Estação Livraria, que teve início dia 23/10 e se estende até 3/12. O evento é promovido por alunos do curso de Direito, membros do projeto “Os lírios não nascem da lei”, junto ao Laboratório Internacional de Movimentos Sociais e Educação Popular (Lampear). O sarau que ocorre quinzenalmente é direcionado a toda comunidade acadêmica da UFRN e demais instituições de ensino. A entrada é gratuita e tem como objetivo, tornar o espaço universitário também um local de manifestação das diversas formas de arte.

O público presente vai contar com música, declamação de versos e exposição de desenhos artísticos, produzidos pelos próprios acadêmicos. O evento contará com a participação dos trovadores e membros da Academia de Trovas do Rio Grande do Norte, Francisco Garcia e Mara Melinni Garcia.

Evento terá a participação de trovadores da Academia do Rio Grande do Norte de Trovas e do Clube de Trovadores do Seridó

Francisco Garcia é filho de Lucas Araújo e de Helena Garcia de Araújo. Nasceu na fazenda Acari, em Malta-PB, em 27 de novembro de 1946. Licenciado em Letras (português e inglês) e bacharel em Direito pela UFPB, pós-graduado em Teologia e Éticas Especiais, poeta, trovador, escritor e compositor, foi bancário, vereador e secretário municipal em Caicó-RN. Lecionou Português, Francês, Inglês e Espanhol.

Casado com Anunciada Laura de Araújo Garcia, com quem tem três filhas: Mara Melinni de Araújo Garcia (advogada, bancária e poetisa), Ava Murielli de Araújo Garcia (psicopedagoga) e Eva Yanni de Araújo Garcia (pedagoga e poetisa). Presidente do Clube dos Trovadores do Seridó, delegado da UBT em Caicó-RN, delegado do Portal CEN para o RN, é membro da Academia de Trovas do RN (ATRN) e da UBT, Seção de Natal-RN. O trovador tem trabalhos publicados em coletâneas, antologias, livros, jornais, revistas, portais e internet. Possui vários livros em parceria com poetas nacionais, além de premiações em diversos concursos de trovas no Brasil e em Portugal.

Mara Mellini, filha de Francisco Garcia, foi vencedora de concursos locais, regionais e nacionais de trovas, dentre os quais, o de Nova Friburgo/RJ, capital nacional da trova, de Curitiba e Cantagalo/RJ. Graduada em Direito pela UFRN e bancária, Mara também integra o Clube dos Trovadores do Seridó e a União Brasileira de Trovadores – seção Caicó.