Saída do Santa Cruz-RN altera planos e estreia do Potiguar

A decisão da diretoria do Santa Cruz-RN de não disputar o Campeonato Estadual do próximo ano acabou refletindo também nos planos do Potiguar. A equipe alvirrubra, que tinha sua estreia programada para o dia 24 de janeiro, jogando perto de sua torcida no Nogueirão, em Mossoró, terá que viajar até a cidade de Caicó.

Além de ter o local modificado, o “Time Macho” também estará de fora da rodada inaugural. Sendo assim, a estreia foi adiada para o dia 27 de janeiro, diante do Coríntians de Caicó, no estádio Marizão. O Potiguar também ganhará folga nos dias 24 de janeiro e 16 de março, datas que estavam marcados os confrontos contra o Santa desistente.

POSSIBILIDADE – Em relação a ocupação das datas, já que o estádio Nogueirão estará desocupado e a disposição do Potiguar, a diretoria não se pronunciou em torno da possibilidade de realização de um amistoso. Mas, logo que a mudança foi confirmada, surgiram comentários sobre esta possibilidade.

Santa Cruz-RN confirma e FNF anuncia saída do time do Campeonato Estadual

Agora é oficial. Em publicação postada no site da Federação Norte-rio-grandense de Futebol(FNF) foi confirmada a saída do Santa Cruz-RN do Campeonato Potiguar 2016. Reunido com o presidente da FNF, o dirigente da equipe, Luiz Antônio Tomba, apontou como motivo principal a seca que assola o município da região do Trairi.

Até a água para a manutenção do estádio Iberezão foi prejudicada, já que hoje as atenções se voltam, segundo Tomba, para a zona rural que sofre as maiores sequelas com o período de estiagem. No site da FNF, Tomba declarou que o mais difícil é olhar o homem do campo esperando um caminhão d`água para tomar banho, para lavar e para cozinhar, e não ter. “E a gente gasta oito por dia em um campo para jogar um campeonato. Se você multiplicar, são 240 caminhões por mês, 1.200 caminhões no total (cinco meses)”, disse ele, segundo o site da Federação.

Em relação a tabela, depois de confirmada a saída do Santa Cruz, o presidente da FNF, José Vanildo, garantiu que não fará nenhuma mudança. Adiantou o dirigente que a saída será, um dos nove times, a cada rodada, ficar de folga. Sobre a decisão do Santa Cruz-RN, Vanildo disse que reunirá sua diretoria para definir se a saída será encarada como um licenciamento ou rebaixamento direto à segunda divisão.