"Pedro Fontes"era réu confesso de um crime cometido em 2008

Pedro Fontes é executado na porta de casa em Umarizal

Fim de manhã com mais uma morte violenta registrada na cidade de Umarizal.

Por volta das 11h10, Evandro Dias Alves de Paiva, o “Pedro Fontes” foi executado na porta de sua residência na cidade de Umarizal.

O crime ocorreu por trás da Praça do Velório, no Centro de Umarizal. Dois homens que circulavam numa motocicleta localizaram e executaram “Pedro Fontes”, antes de fugir em direção ignorada.

A polícia faz o monitoramento de estradas da região na tentativa de localizar os criminosos. Equipe do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) chegaram à cidade logo após às 14h para remoção do corpo.

A polícia iniciará a investigação do caso com a convocação de testemunhas e tentativa de localizar imagens de câmeras instaladas nas proximidades.

Pedro Fontes era réu confesso da morte do contador Arquitânio Cortez Leite ocorrida em abril de 2008. Foi identificado pela própria vítima antes de morrer destacou o nome do autor dos disparos a testemunhas.

Teve sua prisão preventiva decretada dias após a morte do contador e ficou foragido até outubro de 2010, quando se apresentou à Justiça no Complexo Penal Agrícola Doutor Mário Negócio, em Mossoró.

“Pedro Fontes” foi julgado em maio de 2012 e mesmo após confessar a autoria do assassinato foi absolvido por quatro votos a três. À época, a Promotora de Justiça Liv Ferreira recorreu da decisão. “Pedro Fontes” aguardava novo julgamento que em novembro foi definido, seria realizado em Mossoró.

A polícia já começou a investigar o caso na tarde deste sábado. Não há qualquer suspeito da morte de Pedro Fontes.