Reflexões teológicas – Ricardo Alfredo

PENSAMENTO – um milagre.

“Quando paro para refletir a vida, compreendo que sou um milagre”. (Escritor Ricardo Alfredo).

 

A INJUSTIÇA E A CURA

No mundo contemporâneo, o que mais encontramos no nosso dia a dia são pessoas agindo de forma injusta, e muitas vezes, de forma cruel e desumana. Estas ações são causadas por almas aflitas que não encontraram um caminho de fé e de racionalidade. E este caminho, de injustiça, é um ponto fora do percurso normal traçado pelo Juiz dos mundos, o que vem gerando no seio da sociedade uma dor de isolamento e rejeição social. E assim vai levando a humanidade a passo de ganso para destruição pessoal e coletiva ao mesmo tempo. No entanto, o sentimento de isolamento e de abandono são tão profundos e misteriosos na alma humana, que até parece ser algo normal e aceitável. E quando nos deparamos com tais situações, percebemos que há neles um domínio do império do silêncio decadente entre os homens. Possivelmente é a ausência do amor divino na alma humana. E neste intervir, é fácil compreender, que o ato de praticar a injustiça é causada pela ausência do sentimento de bondade e de misericórdia, que são princípios divinos exigidos a humanidade pelo Senhor do tempo (Deus). visto que Ele não aceita a injustiça e nem tolera o mal.

O salmista, no salmo 5:4, diz: “Porque tu não és um Deus que tenha prazer na injustiça, nem contigo habitará o mal”. O sentido que encontramos na palavra mal é agir com injustiça, ou seja, conscientemente praticar o mal contra o próximo. E dentro deste conceito, surge a ordem de Deus de forma expressa a humanidade: “Odeiem o mal e amem o bem: restabeleçam no portão a justiça!” (Am 5:15). Aqui está a exigência da lei positiva de Deus, que toda justiça tenha início no portão, ou seja, no princípio de qualquer coisa que o homem venha a fazer. E agindo de modo justo, o homem teria como primícia de vida, o direito e a justiça. E por excelência, essa ordem divina, foi estabelecida universalmente dentro da alma, gerando, nos homens livres e de bons costumes a construção de templos a justiça dentro das relações sociais formando o tripé: a fé, a justiça e o direito. E nesta mesma ideia de construção social justa, surge a doutrina do profeta Miquéias e sua declaração universal: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus” (Miquéias 6: 8). Mesmo diante de tantos a visos e recomendações, o que temos é uma sociedade egoísta, voltada para o domínio e a opressão dos mais simples. O que vem conduzindo a humanidade a passos largos para o isolamento e as doenças mentais. Assim como, para aplicação da justa justiça de Deus.

O grande pensador cristão, o apóstolo Paulo, lança em sua carta aos romanos uma grande lista de injustiças praticas que transbordam na sociedade. Entres elas estão: “cheios de toda injustiça, malícia, avareza e maldade; possuídos de inveja, homicídio, contenda, dolo e malignidade; sendo difamadores, caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais, insensatos, pérfidos, sem afeição natural e sem misericórdia” (Romanos 1:29-31). O objetivo do apóstolo era mostra que os olhos do Eterno estão atentos a todas as injustiças práticas no mundo e que em breve Ele puniria os injustos por todas as suas injustiças.

Mesmo assim, e apesar das ações de injustiça práticos por uma grande parte dos homens, ainda há esperança para estes. Essa esperança é chamada de Cristo Jesus.

Portanto, enquanto há luz do dia está raiando, há esperança. Então mude de rumo, abandone a injustiça e o mal e busque se encontrar com a luz que vem do eterno fanal, ou seja, do eterno farol de Deus… Cristo Jesus.

 

ACJUS NA FM 105 – SANTA CLARA

ACJUS, o penúltimo ato da programação em homenagem ao confrade Elder Heronildes da Silva.  No programa Cultura e Cidadania em Debate. Agradecer aos participantes: Sátiro, Ray, Ricardo, Edilson, Bianca, Ênio, Riberto, Valmir, Geraldo Maia, Elder e Diógenes da Cunha Lima. O programa foi memorável.

 

ACJUS – ACADEMIA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS DE MOSSORÓ FILIADA AO COLÉGIO DE ACADEMIAS JURÍDICAS DO BRASIL. – CONVOCAÇÃO – “Ninguém caminha sem aprender a caminhar, sem aprender a fazer o caminho caminhando, refazendo e retocando o sonho pelo qual se pôs a caminhar.” Nobres confreiras e confrades, tendo em vista a importância da  programação alusiva ao aniversário de 7 anos de fundação da nossa instituição que se iniciará no próximo dia 03/11/21, e vai até o dia 12,  a diretoria CONVOCA o corpo acadêmico (Com exceção dos confrades Sátiro, Péricles e Petronilo, por questão de condições de saúde,  ou  mais algum (a) que já tenha agendado compromisso para o mesmo dia e hora, e que não possa ser postergado), para uma reunião de trabalho deliberativa que vai acontecer no próximo dia 18/09/21 – a partir das 18h – no PCAMMM – Rua Cleodom Almeida,100, Abolição II,  quando trataremos da seguinte pauta: 1º – Informes Gerais; 2º – Apreciação da Minuta da Programação; 3º – Nomeação das comissões de trabalho;4º – Informes sobre a Inauguração do nosso espaço, inclusive, da Biblioteca Acadêmico Sátiro Cavalcanti Dantas; 5º – Outros pontos pertinentes ao êxito da programação. PCAMM em Mossoró, RN, 13/09/21. Dr. José Wellington Barreto.

 

AGRADECIMENTO

Queremos agradecer. Agradecer é reconhecer a generosidade do outro. E hoje. é dia de agradecer aos amigos e confrades que conosco fizeram história no programa da rádio 105 FM, que tem por título “Cultura e Cidadania em Debate”. Entre estes estavam: Sátiro, Ray, Ricardo Alfredo, Edilson, Bianca, Riberto, Valmir, Geraldo Maia, Elder e Diógenes da Cunha Lima e o nosso mago do controle Ênio Ticiano.

 

AMOL – Academia Mossoroense de Letras

A Academia Mossoró de Letras (AMOL), vem a público agradecer pela grande honraria dada ao nosso presidente o imortal Dr. Helder Heronildes e pela grande festa de aniversário que gerou diversas homenagens durante vários dias.  Foi uma programação extensa, que sempre teve a frente o imortal dr. José Welington Barreto e equipe. Parabéns a todos.

 

 

COLUNA DIREITO DO POVO COM RICARDO ALFREDO

Todos os domingos no portal do RN, temos um pouco sobre como o direito atua no nosso dia a dia. https://portaldorn.com/jamais-esquecer/

 

ANIVERSÁRIO DE 53 ANOS DA UERN

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) comemora no mês de setembro de 2021, 53 anos de história consolidada como uma Instituição de Ensino Superior. Essa é a UERN de gigantes que se fizeram de pedras de coluna para sustentar a nossa universidade. Eis lista dos imortais: João Batista Cascudo Rodrigues, Maria Gomes de Oliveira, Genivan Josué Batista, Aécio Cândido de Souza, Milton Marques de Medeiros, Elder Heronildes da Silva, Maria das Neves Gurgel de Oliveira Castro, José Walter da Fonseca, Sátiro Cavalcante Dantas e Laplace Rosado Coelho. Pedro Fernandes Ribeiro Neto. Hoje temos uma universidade reconhecida nacionalmente e internacionalmente, graças a esses grandes vultos da nossa história. Parabéns a nossa Universidade.

 

 

ANIVERSARIANTE ACJUS

O confrade Breno Valério está apagando mais uma velinha. Parabéns confrade.

 

CONVITE ACJUS

 

APLICATIVO – SEQUELAS DA COVID

Mossoró é uma cidade criativa e disposta a ser pioneira. Como sempre está cidade está atenta a tudo no mundo atual e desta feita lança um Aplicativo que serve para marcação de consultas de pessoas com sequelas da covid é criado em Mossoró.

 

 

CONVITE AMOL – 33 ANOS

No dia 25 de setembro a Amol – Academia Mossoroense de Letras completa 33 anos de vida e de dedicação a cultura mossoroense e brasileira. Parabéns nobres confrades e confreiras.

 

 

 

 

 

 

 

CONVÊNIO

Este dia foi muito importante para as Academias de Letras, visto que estávamos (Dr. Wellington Barreto, Ricardo Alfredo),  assinando o convênio entre a TV e a academia. E em breve estaremos de volta a TV.

A POSIÇÃO DE DEUS CONTRA A INJUSTIÇA

1- Deus aborrece pesos falsamente acentuados para enganar o cliente (Deuteronômio 25:13-16);

2- Deus abomina as mãos que derramam sangue inocente (Provérbios 06:17);

3- Deus detesta aqueles que justificam os perversos (Provérbios 17:15);

4- Deus aborrece aqueles que condenam os justos (Provérbios 17:15);

5- Deus condena aqueles que agem injustamente e acolhe aqueles que agem com justiça (Mateus 25: 31-46);

6- Deus ama a religião compromissada em ajudar os pobres e negligenciados (Tiago 1:27);

7- Deus levanta os líderes da igreja para garantir que seu povo seja tratado de forma igual (Atos 6: 1-7);

8- Deus penitenciou justamente o seu Filho justo para satisfazer a sua ira contra os injustos (1 Pedro 3:18).

PENSAMENTO – a proteção

“É pedido perseguir, a quem o Senhor ama.” (Escritor: Ricardo Alfredo)

cialis fiyatcialis satış