Faixas projetam nome de Tião da Prest em dia de formalização partidária

PSDB filiará pré-candidato à prefeitura de Mossoró às 16h

O projeto Mossoró Melhor dará seu primeiro passo político-eleitoral a partir das 16h desta quinta-feira no Hotel Villa Oeste.

Neste horário, o PSDB dará início a solenidade de filiação do empresário Sebastião Couto, Tião da Prest, um dos líderes do movimento e provável candidato a prefeito pela sigla à prefeitura de Mossoró.

A filiação, que será acompanhada de outros líderes do movimento e de pré-candidatos a Câmara Municipal, fortalece o partido rumo a eleição municipal de 2016 após eleições com o partido em posição coadjuvante.

Tião da Prest destaca que além da visibilidade do PSDB, é preciso analisar seu projeto de desenvolvimento para as cidades que prega modernidade, eficiência e transparência da gestão pública, recorrendo ao exemplo vivido pelo Ceará a parir da atuação de Tasso Jereissate.

Sobre sua pré-candidatura a prefeitura de Mossoró, Tião disse que faz parte de um grupo que tem bons nomes, como os de Jorge do Rosário, Marcelo Rosado, Josué Moreira, entre outros, e que seu nome estará à disposição.

A presença de faixas espalhadas pela cidade de Mossoró evidencia o nome do empresário como provável candidato a prefeito na eleição deste ano.

“Estamos juntos e vamos ter um candidato, que será apresentado a população para realmente mudar o perfil da administração municipal. É preciso mudar a forma como a gestão pública é conduzida” – disse.

Tião da Prest diz que Mossoró tem problemas que soluções passadas não mais resolverão. “Os desafios de hoje precisam de soluções atuais, de novas mentes, de novas ideias, e o Mossoró Melhor está oferecendo essa solução para a população” – disse.

 

  • Faixas no Centro podem render punição a pré-candidato

A divulgação da solenidade destinada a assinatura da ficha de filiação de Tião da Prest com o PSDB, poderá render punição por propaganda eleitoral antecipada.

Faixas espalhadas pelo Centro de Mossoró em alusão ao nome do empresário estariam fora das regras eleitorais que só permitem ações desta visibilidade nas imediações da área de realização do evento.

Como o evento será realizado num hotel na Ilha de Santa Luzia, as faixas espalhadas fora do perímetro do empreendimento podem resultar em problemas judiciais caso a candidatura seja registrada nos próximos meses.

Com mensagens de apoio ao nome do empresário, é possível que a iniciativa seja contestada judicialmente, o que renderá multa por propaganda antecipada caso o Juiz considera o fato como irregularidade.