Momento da vistoria, restrita a reparos na segurança. (Foto: Comunicação da Prefeitura).

Projeto de Segurança do Nogueirão é aprovado, mas estádio continua parcialmente interditado

A Secretaria Executiva de Esporte e Lazer conseguiu nesta semana a aprovação, junto ao Corpo de Bombeiros, do novo projeto de segurança do Estádio Professor Leonardo Nogueira, o “Nogueirão”. O município tem até 120 dias para executar as obras e obter a liberação anual do estádio. De acordo com Abraão Dutra, titular da pasta de esportes e lazer, a aprovação do novo projeto é muito importante para o município, tendo em vista que vai facilitar e, principalmente, baratear as adequações necessárias para a liberação do estádio. O projeto 2016 é mais simples, econômico e totalmente adequado à realidade local, diferente do projeto de 2010 que tinha um perfil bem mais complexo e um tanto distante da estrutura do estádio.

Com o novo projeto, o custo para atender as exigências foi reduzido em aproximadamente 90%. A instalação da rede de hidrantes em todo o estádio, item mais caro do antigo projeto, foi reduzido apenas para o setor das cadeiras. Desde que foi municipalizado em 2014, o estádio já recebeu inúmeras melhorias na parte estrutural, como pintura, recuperação de alambrado, reforma de banheiros, adequações de acessibilidade, entre outros avanços.  “Agora vamos poder atender todas as exigências e seguir tudo o que está no projeto para não termos mais nenhum problema com o corpo de bombeiros. Eles aprovaram o projeto e temos 120 dias para executar”, comenta, avaliou Abraão.

INTERDIÇÃO – Apesar da confiança do secretário, não se falou até o momento, em nenhuma providência para que o estádio deixe sua condição de, parcialmente interditado. Isso significa que os muros construídos e que diminui a capacidade de público do estádio, vão permanecer, apesar dos investimentos anunciados. A reforma do estádio era uma das condições anunciadas no período em que foi levantada a proposta de negociação, porém não passou do campo da promessa, situação que tem contribuído de forma direta com o afastamento do torcedor.