Preso encontrado morto em banheiro da Cadeia Pública

No início da tarde de ontem, agentes penitenciários da Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza encontraram um detento assassinado dentro do banheiro da quadra do banho de sol. Francisco Antônio Duarte, 27, estava pendurado em lençóis, em uma das grades do banheiro.

Segundo a diretora da Cadeia Pública, Aurivaneide Lourenço, o crime pode ter ocorrido entre as 9h e às 13h, período em que os detentos saem para tomar banho de sol. “No final do banho de sol quando os presos retornaram para as celas, foi feita a contagem e faltava um deles. Ao realizarmos uma busca, o preso foi achado morto por enforcamento, pendurado em uma das grades do banheiro da ala de sol”, destacou a diretora.

O detento, conforme relatou Aurivaneide, estava detido na unidade prisional desde julho deste ano, acusado de receptação e roubo. “Não sabemos ainda o que aconteceu para resultar na morte dele, no entanto já acionamos a equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) para que procedam com investigações e exames técnicos, que ajudem a entender o que aconteceu dentro do banho de sol”, destacou.

A direção prisional informou que vai abrir uma sindicância interna para ajudar as investigações e assim esclarecer a morte do preso Francisco Antônio Duarte.

OUTRAS MORTES
Somente este ano 26 presos foram assassinados ou encontrados mortos em situações duvidosas dentro de unidades prisionais do Rio Grande do Norte. A maioria das mortes misteriosas, em prisões, aconteceu no segundo semestre deste ano.