Presidência da Câmara poderá ser exercida por mulher a cada 8 de março

Tramita na Câmara dos Deputados proposta que permite a uma deputada exercer a presidência da Casa a cada 8 de março – Dia Internacional da Mulher. A regra valerá mesmo que a parlamentar não faça parte da Mesa Diretora.

A medida está prevista no Projeto de Resolução 2/15, da deputada Benedita da Silva (PT-RJ), que inclui um parágrafo no Regimento Interno da Câmara.

“A proposta presta uma justa homenagem ao importante papel que a mulher representa na sociedade brasileira e na Câmara dos Deputados, garantindo que em 8 de março o mais elevado cargo da Casa seja exercido por uma mulher”, afirma a autora da proposta.

O projeto já foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e será apreciado Mesa Diretora da Câmara, antes de ser votado pelo Plenário.