Prefeitura lançará neste sábado (09) a Feira do Imigrante de Mossoró

Artesanato produzido pelos venezuelanos da etnia Warao estará disponível pra venda.

Com exposição e comercialização de artesanato produzido pelos venezuelanos da etnia Warao, a Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Juventude (SMDSJ), por meio do Geração de Oportunidades, com apoio do Comitê Estadual Intersetorial de Atenção aos Refugiados, Apátridas e Migrantes do Rio Grande do Norte (CERAM/RN) lançará neste sábado (10) a Feira do Imigrante de Mossoró, das 08h às 12h na Praça Rodolfo Fernandes (a Praça do Pax).

A gerente do Geração de Oportunidades, Bianca Negreiros, destaca a importância da feira para os imigrantes que vivem no município e ressalta que a iniciativa é uma oportunidade dos venezuelanos em mostrar o trabalho desenvolvido por eles e gerar renda.

“É de suma importância a realização de um evento como esse porque visa gerar oportunidade para esses refugiados que buscaram na nossa cidade a oportunidade de sobrevivência. É exatamente isso que estamos fazendo gerando essa oportunidade para que eles possam comercializar seus produtos e com isso conseguirem se manter. Eles estão bem empolgados e animados com a possibilidade de levar seus produtos para os mais diversos lares de Mossoró”.

A gerente do Geração de Oportunidades enfatiza ainda que os produtos que serão comercializados pelos indígenas venezuelanos são artesanais e que a matéria-prima para a confecção desses produtos é retirado da natureza. “Eles utilizam algumas plantas que são retiradas no Rio Mossoró como também a fibra do buriti que eles trouxeram. Eles confeccionam redes, jarros, várias formas de tigelas”.

A Feira do Imigrante de Mossoró terá continuidade aos sábados, ao lado do Museu Lauro da Escóssia, onde já é tradicional a feira do Xique-Xique.