Preço do gás de cozinha terá novo aumento

Os ajustes serão aplicados às distribuidoras a partir de hoje (03)

A partir desta quinta-feira, 03, a Petrobrás elevará em 5% o custo médio do gás liquefeito de petróleo, conhecido como gás de cozinha. Os ajustes serão aplicados às distribuidoras. Diante do reajuste, o valor médio às revendedoras será de R$ 33,89 por botijão de 13kg. O produto passa a acumular no ano alta média de 21,9%, ou R$ 6,08 por unidade.

A empresa destacou que segundo dados fornecidos pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustível (ANP), 43% do preço que chegará ao consumir final representa atualmente à parcela da estatal e os demais 57% traduzem as parcelas adicionais referentes aos tributos e margens brutas da distribuição e revenda. Ainda de acordo com a pesquisa, o preço médio do botijão na última semana de novembro era de R$ 73,22 no país, embora os valores variem nos postos de venda aos consumidores.

‘’Ao longo do ano, refletindo as reduções e as variações do mercado internacional, a Petrobras reduziu os preços de venda do GLP às companhias distribuidoras, chegando a uma variação acumulada de -21,4% em maio (-5,96 R$/ botijão de 13 kg). Da mesma forma, os preços acompanharam a recuperação do mercado internacional, também sendo influenciados pelo câmbio.’’ informou a Petrobras.