PRB local tem autonomia mantida e marcha fortalecido em Mossoró

O comando do Partido Republicano Brasileiro (PRB) em Mossoró recebeu, da nova comissão provisória estadual, compromisso de que terá autonomia na eleição de 2016. A garantia, dada pelo dirigente estadual Lício Luan, tranquiliza as lideranças do PRB local, que ficaram ressabiados após a prisão pela Polícia Federal do ex-dirigente da legenda no RN, Abraão Lincoln, dia 18 passado, por suposta participação em esquema de venda ilegal de permissões para pesca industrial.

Segundo o presidente da comissão provisória de Mossoró, empresário Fernando Melo, Lício Luan, que é pré-candidato a prefeito de Pedro Avelino, manteve a autonomia do partido no município.

A garantia de independência na sucessão mossoroense de 2016 era condição apresentada pelas lideranças mossoroenses para permanecer no PRB. “Estamos com a mesma autonomia de sempre. Nosso projeto continua firme, forte e unido”, diz Fernando.
A comissão de Mossoró, segundo ele, continua em sintonia com a estadual, tanto que Mossoró será representada pelo partido no âmbito do RN. “Continuamos coesos e com a mesma autonomia em Mossoró”, afirma.

A prioridade continua sendo montar chapa forte à Câmara Municipal. Um dos pré-candidatos a vereador, empresário Gérson Nóbrega, acredita que o partido elegerá de dois a três vereadores em 2016. Entre os nomes, Gilson Cardoso, Raério, Arlindo Fulgêncio, Omar Nogueira, Silvana do Samu e muitos outros.

“Hoje, temos 52 nomes com intenção de ser candidato. Desses, dez nomes já disputaram eleição à Câmara”, informa Nóbrega, acrescentando que o partido mescla nomes conhecidos do grande público e caras novas, mas com serviços prestados em vários segmentos sociais.

“Nosso presidente Fernando Melo está conduzindo muito bem o partido, nosso grupo continua unido e permaneceremos com essa sintonia para fazer bonito na próxima eleição municipal em Mossoró”, assevere Gérson Nóbrega.