Polícia prende acusado de estuprar criança de 10 anos em banheiro de shopping de Natal

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, por meio da Delegacia Especializada na Proteção da Criança e do Adolescente de Natal (DPCA), com apoio da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) da zona sul, prendeu, na noite desta sexta-feira (29), Luiz Augusto Cavalcante Vale, 42 anos, suspeito de ter praticado o crime de estupro de vulnerável num shopping da zona sul da capital.

A ação criminosa aconteceu em um sábado, dia 09 deste mês, por volta das 18h30min, consistindo no ato do suspeito obrigar um menino de 10 anos a praticar atos sexuais com ele no interior de um banheiro do shopping.
Em menos de 24 horas após a divulgação das imagens do suspeito pela imprensa, a Polícia Civil identificou e representou pela prisão preventiva de Luiz Augusto, que foi deferida pelo juízo plantonista.
De posse do mandado judicial, os policiais civis localizaram o suspeito adentrando um estabelecimento bancário, no bairro de Lagoa Nova, momento em que lhe foi dada voz de prisão.
O suspeito foi conduzido à delegacia especializada e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.
A Polícia Civil orienta as pessoas que foram vítimas do suspeito e o reconhecerem, a comparecerem na DPCA, para as providências cabíveis, bem como solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.
O crime aconteceu no dia 9 de julho, um sábado. Por volta das 18h30, o suspeito aproveitou que uma criança de 10 anos de idade estava sozinho em um banheiro, forçou a porta e, após adentrar o local, obrigou o menino de 10 anos a fazer sexo oral nele. Após o ato, ele ameaçou a criança caso ela contasse algo para alguém.
O pai da criança, contudo, notou que o filho estava estranho e o questionou. O menino falou sobre o que aconteceu e, imediatamente, o pai acionou os seguranças e foi em busca do criminoso. Porém, ele não foi encontrado.
Casos
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, por meio da Delegacia Especializada na Proteção da Criança e do Adolescente de Natal (DPCA) de Natal, divulgou, nesta quarta-feira (27), imagens de câmeras de segurança fornecidas por uma loja de um shopping da zona sul da capital potiguar.
A ação criminosa aconteceu na segunda-feira (25), por volta das 19h30. O criminoso foi flagrado após posicionar um aparelho celular escondido dentro de uma cesta para filmar as partes íntimas de uma criança que se encontrava no interior da loja. No momento em que foi abordado pelo segurança do estabelecimento, o suspeito negou o crime e rapidamente saiu da loja.
Através das redes sociais, a mãe da vítima, que também estava na loja, mas em outro corredor, falou sobre o crime. Segundo ela, após os funcionários da segurança observarem o que estava acontecendo, eles foram em busca do bandido e houve gritaria no estabelecimento. Ela chegou a sair da loja em busca do bandido no interior do shopping acompanhada por seguranças, mas não conseguiu detê-lo.
TRIBUNA DO NORTE
Deixe um comentário