Para entrar no país, Brasil passa a exigir teste negativo de COVID-19

Medida está prevista na portaria nº 648/2020

A partir desta quarta-feira (30), o Brasil começou a exigir que passageiros de voos internacionais apresentem um teste RT-PCR negativo ou não reagente para COVID-19 ao desembarcarem em território nacional. O exame precisa ter sido realizado até 72h antes da viagem. A obrigatoriedade estende-se a todos os viajantes, independente de sua origem.

Desde que seus acompanhantes cumpram todas as exigências, crianças menores de 2 anos e com idade entre 2 e 12 anos, não precisam apresentar o teste. Menores entre 2 e 12 anos viajando desacompanhados são obrigados a apresentar o exame, como os demais viajantes.

A medida adotada está prevista na portaria nº 648/2020, publicada na semana passada, que também pauta a proibição, em caráter temporário, da entrada de voos com origem ou passagem pelo Reino Unido e Irlanda do Norte. Em 17 de dezembro, o governo brasileiro determinou a exigência do exame na portaria nº 630/2020.

Com mais de 192.681 mortes em razão do novo coronavírus, a precaução visa conter o avanço de casos no país.