O fantasma do golpe

O Sintest emitiu nota ontem dando conta de que um grupo de professores da Ufersa Caraúbas está tentando derrubar na Justiça resolução aprovado pelo conselho universitário da instituição sobre a implantação da paridade na consulta prévia para a eleição de reitor, vice-reitor e diretores de campus. A denúncia é do coordenador regional do sindicato, Francimar Honorato, que teme pela repetição do golpe ocorrido em 1991, quando a gestão ignorou decisão tomada pelo Conselho Técnico Administrativo, ocasionando sérios problemas à então, Esam. Com a paridade o voto dos professores, servidores técnico-administrativos e estudantes passam a ter o mesmo peso, ou seja, 33,3%. Antes da paridade, o voto dos professores equivaleria a 70% e os outros 30%, divididos entre os servidores (15%) e os estudantes (15%). Francimar adianta que a categoria, por meio do Sindicato, fará ampla mobilização contra este indicativo. O primeiro ato de protesto está marcado para acontecer na próxima quinta-feira, 1º de dezembro, nas dependências da Ufersa Caraúbas.

Aprovação
A implantação do voto paritário na Ufersa foi aprovada em fevereiro. A definição se deu numa reunião histórica onde o Consuni aprovou por 9 x 4, o voto paritário para consulta prévia para as eleições na Ufersa, ficando definido o voto paritário a partir da próxima consulta prévia, prevista para acontecer no primeiro trimestre de 2016.

Redução
Os estudantes conseguiram reduzir em 20 centavos o aumento da passagem de ônibus em Mossoró. A redução levou a desocupação da sede da prefeitura. Ficou claro que as mobilizações populares podem render avanços importantes, mesmo em momentos de dificuldades.

Oportunidade
Você que pretende estagiar no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, já pode se organizar. A publicação do Edital para o Programa de Estágio 2016 para nível médio está previsto para o próximo dia 1º de dezembro de 2015, com carga horária de 20 horas.

Vagas
As 139 vagas são para os Cartórios Eleitorais do Estado do Rio Grande do Norte. A bolsa será no valor de R$ 400,00 (quatrocentos reais) e auxílio-transporte no valor de R$ 5,00, por dia de efetivo estágio. O estágio tem início previsto para abril/2016.

Benefício
Projeto de lei da autoria do deputado Gustavo Fernandes apresentado esta semana beneficia o condutor e o proprietário de veículo automotor que não tenham incorrido em infração de trânsito. O benefício seria obtido com desconto no valor anual do IPVA.

Impacto
O projeto destaca os percentuais de desconto no valor anual do IPVA, sendo 10% no caso de não ter cometido infração de trânsito no ano civil anterior e 15% no caso de não ter cometido infração de trânsito nos últimos dois anos.

Tidó
Ontem foi dia de perda para o município de Tibau. Aos 92 anos de idade, o município perdeu seu mais antigo pescador, o contador de causos Tidó. Tive o prazer de entrevistar Tidó há mais de 10 anos, numa das entrevistas mais prazerosas do meu tempo de atuação como jornalista. Que tenha um bom descanso.