Notas da Redação

FÁTIMA

Diante da repercussão extremamente negativa, a governadora Fátima Bezerra resolveu cancelar licitação emergencial com duração de 6 meses para a campanha contra a Covid-19 no valor de R$ 3 milhões. Realmente o estado não está em condições de publicidade nesse valor.

RESPIRADORES

O valor de R$ 3 milhões dá para adquirir cerca de 60 respiradores para as UTIs estaduais, equipamento indispensável no tratamento de pacientes acometidos pelo coronavírus.

SANDRA

A vereadora Sandra Rosado encaminhou oficio à prefeita Rosalba Ciarlini para que autorize a prorrogação dos prazos do recolhimento do ISS – Imposto Sobre Serviços e demais tributos municipais, durante o período de pandemia do coronavírus.

SALÁRIOS

Algumas pessoas estão solicitando que detentores de mandatos políticos reduzam seus salários durante a pandemia do Covi-19. Tudo bem, mas por que não estender a cobrança ao Poder Judiciário, Ministério Público e Poder Executivo?

SOLIDARIEDADE

Empresários mossoroenses têm demonstrado solidariedade e disponibilizado recursos para a aquisição de respiradores e outros insumos necessários para o enfrentamento ao Covid-19. Infelizmente, o mercado não dispõe de equipamentos para atender aos hospitais.

RESPIRADORES

Hoje, as redes de saúde pública e privada possuem 807 respiradores, 773 sendo utilizados e a Sesap planeja obter mais 115, mas adquirir o equipamento tem sido muito difícil.

FÁTIMA

A governadora Fátima Bezerra ampliou as medidas de segurança na prevenção do contágio do novo coronavírus no RN, suspendendo o funcionamento de lojas, exceto as de atividades essenciais, e eventos que reúnam vinte pessoas ou mais.

BOLSONARO

As declarações de Bolsonaro pedindo o fim do isolamento para evitar o coronavírus foram emitidas no dia em que o Brasil ultrapassou os dois mil casos confirmados da covid-19, com o país registrando 2.201 infetados e 46 mortos, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

PROTESTO

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e o vice-presidente, Antonio Anastasia, divulgaram há pouco nota classificando como “graves” as declarações do presidente Jair Bolsonaro, feitas em cadeia nacional na noite desta terça-feira (24).

CÂMARA

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também criticou o pronunciamento do presidente da República, pedindo o fim do isolamento e pregou a volta à normalidade em razão do coronavírus. Maia considerou que a fala de Bolsonaro nesta terça-feira (24) foi equivocada.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *