Notas da Redação

INCONGRUÊNCIA

As atitudes administrativas do prefeito Allyson Bezerra contradizem suas informações bombásticas de que a prefeita de Mossoró estava falida, chegando a decretar estado de calamidade pública.

GASTOS

Desde que assumiu, o prefeito de Mossoró nomeou centenas de funcionários para auxiliarem em sua administração e, por último, criou dos cargos comissionados com remuneração de Secretário Municipal. O salário de cada um gira em torno de R$ 12 mil.

OBEDIÊNCIA

Na Câmara Municipal, vereadores da situação votam em rebanho, em obediência total ao prefeito, chegando a requerer regime de urgência para a votação dessas duas secretarias. É tudo que o prefeito mandar.

GOVERNO

Depois da declaração do deputado estadual Tomba Faria de que aceitaria disputar o cargo de governador do Rio Grande do Norte, o ex-prefeito Carlos Eduardo também afirma estar disposto a concorrer ao cargo. Dependendo somente dele, afirmou, estará nessa luta.

SENADO

Pesquisa divulgada ontem, em Natal, pelo Instituto AgoraSei apresenta o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, liderando as intenções de voto para o Senado com 17% na pesquisa espontânea, seguido de perto pelo ex-senador Garibaldi Filho, com 15,4%.

FÁTIMA

Na mesma pesquisa, como candidata à reeleição, a governadora Fátima Bezerra lidera com 28,8% das intenções de voto, seguida por Carlos Eduardo, com 19,6%. Na terceira colocação ficou o senador Styvenson Valentim, com 10,9%.

CPI

A governadora Fátima Bezerra se prepara para enfrentar o clima da CPI da Assembleia Legislativa que deverá ser instalada na manhã de hoje. Procura transmitir tranquilidade, mostrando que a Comissão, formada em ano pré-eleitoral, tem apenas finalidade política.

MACHADINHO

A coluna registra com pesar a morte do Jornalista João Batista Machado, ocorrida ontem, em Natal. Machadinho partiu aos 77 anos, vítima de câncer digestivo, agravado após contrair Covid-19. Na juventude, foi estudante em Mossoró.

CONVOCAÇÃO

A solicitação do senador Randolfe Rodrigues para convocar o presidente Bolsonaro a depor na CPI da Covid é uma resposta aos senadores governistas que forçaram a presença dos governadores na CPI. Nem governadores nem presidente podem depor em CPIs do Congresso.

OTIMISMO

Pesquisadores admitem que a imunidade ao coronavírus pode durar mais tempo que o de outras viroses. As células imunológicas sobrevivem na medula óssea de pessoas que foram infectadas com o vírus ou foram vacinadas contra ele.