“Nem fígado nem tatu”

Funcionários da empresa Ocimar Transportes revelaram ao vereador Tomaz Neto que ela está se preparando para deixar a cidade de Mossoró. No final desse mês terminará seu contrato provisório para prestar o serviço de transporte coletivo em território mossoroense. Ultimamente alguns motoristas têm sido demitidos e alguns ônibus da frota foram desativados. Ao mesmo tempo, a empresa já tem atraso acumulado de dois meses sem quitar salários de seus motoristas. Esta empresa, a Ocimar Transportes, vai embora e já nos deixaram as suas antecessoras. No período vamos ficar com o ditado “nem fígado, nem tatu”.

GOLPE
O Tribunal de Contas da União levou 21 anos para julgar as contas do período de governo de Itamar; 20 anos para aprovar as contas de Fernando Henrique Cardoso e 8 anos para aprovar as contas de Lula. Para analisar as de Dilma Rousseff foram apenas 19 minutos. Se isso não é golpe eu não sei o que é” (Francinaldo Rafael).

NOSSA SENHORA
“….Minha mãe, Nossa Senhora, somos todos filhos seus; Todas as nossas senhoras são a mesma mãe de Deus…” (Roberto Carlos, numa veia de grande inspiração)

CRISPINIANO
Aflorou a inspiração poética de Crispiniano Neto e saíram essas pérolas: “Só um Congresso cretino/ Sem vergonha, sem valor/ Sem ética, sem compostura/ Sem decência, sem pudor/ Se deixa ser presidido/ Por um Cunha Achacador”.

SINTE
Vem aí uma assembleia-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação aqui em Mossoró. Será no dia 20 de outubro, às 8h30, na sede social do Sinte-RN. Na pauta: um debate sobre a PCCR do Magistério com a presença do coordenador-geral estadual e ações na justiça com a presença dos advogados.

DENÚNCIA
Senhoras e senhoritas residentes no conjunto Abolição III e adjacências denunciam que na Unidade Básica de Saúde que, sem a presença de um (ou de uma) ginecologista, o exame de prevenção vem sendo feito por enfermeiras. Assim essa coisa não pode continuar.

PADRE ELISEU
O padre Eliseu Wilton de Maria está se despedindo de Mossoró. Vai atuar em Campo Grande. Aqui ele deixou marcas indeléveis. Na paróquia de São José, quando foi seu vigário, ele construiu mais de vinte e cinco capelas em sua área territorial.

JOSÉ BARROS
Faleceu no último sábado o senhor José de Oliveira Barros, mais conhecido por “Dedé de Abília”, natural de Apodi, e que era o pai, dentre outros, de Aluísio Barros de Oliveira e de Neto Vale, ambos professores da Uern. Ele estava internado há alguns dias em Mossoró no Hospital Wilson Rosado onde veio a óbito. Nossa solidariedade aos seus familiares.

ALCIDES ANDRADE
Correção de rumo quanto ao segundo livro de Alcides “Pirata” Andrade. A publicação já está pronta. Ele agora anda coletando apoios e iniciativas de pessoas que possam patrocinar o seu trabalho. Quem se habilita?

AUSÔNIO TÉRCIO
No dia da padroeira do Brasil, N. S. Aparecida, o monsenhor Ausônio Tércio de Araújo comemorou os 80 anos de idade. Ele foi diretor da Rádio Rural de Caicó numa época em que o diretor da Rural de Mossoró era o monsenhor Américo Simonetti. Eles se afinavam bem e encetaram muita coisa em conjunto para as duas rádios. Houve uma extensa programação comemorativa.

INSATISFAÇÕES
Carlos Santos detectou algumas insatisfações intramuros do PTN mossoroense. O partido vai se reunir nesta semana para adotar uma posição. Fazem parte dessa agremiação os vereadores Nacísio Silva e Genilson Alves. Resta saber se os dois edis estão alinhados com esse pensamento.

ÁGUA
É a tal coisa: “uns com tanto e outros com tão pouco” (ou quase nada). Vi imagens de enchentes do rio Guaíba, no Rio Grande do Sul que ultrapassou a sua marca de normalidade em 43 centímetros e deixou mais de oito mil desabrigados. Há 42 anos ele não registrava uma cheia assim. Enquanto isso, aqui no Rio Grande do Norte nós já vamos para os cinco anos de seca total. Senhor, tende piedade de nós.

OSÉAS LOPES
No vindouro dia 28 de outubro nosso conterrâneo Oséas Lopes, que já difundiu o nome de Mossoró pelo Brasil afora, estará completando 77 anos de idade e 59 de atividades iniciadas em primeiro de maio de 1956 na então Rádio Tapuyo. Essa é uma motivação para grandes homenagens a Oséas. Ele merece.

“TOINHO”
Eu soube ontem que foi a óbito no final da semana passada e foi sepultado no domingo o empresário “Toinho” ou “Paraibano” que era proprietário daquela banca de serviço de lanches no térreo da Câmara Municipal de Mossoró e vizinho da Cigarreira Rural de Zé Maria. Os relatos diziam que “Toinho” estava acometido de doença grave que o levou à morte. Nossa solidariedade aos seus familiares.

PRIORIDDADE
Francinaldo Rafael resumiu tudo muito bem: “Governo que prioriza uma festa do boi em detrimento de uma universidade” já disse a que veio e em quais águas vai dar.