Mulheres da Serra do Mel denunciam corte no benefício do Bolsa Família

Um grupo de cerca de 50 mães residentes na cidade de Serra-do-Mel reclamam ter sofrido corte no benefício Bolsa Família há três meses. As mulheres afirmam que procuraram atendimento na prefeitura local e a central de atendimento do programa para esclarecer o problema, mas os órgãos deram respostas diferentes aos questionamentos das beneficiárias.

“Fomos à Prefeitura de Serra do Mel e nos disseram que não havia nenhum problema com nosso cadastro e o dinheiro estava disponível na conta, mas o dinheiro não saiu. Procuramos a central de atendimento do Bolsa Família e nos informaram que há um problema nos cadastros, mas não nos informaram qual”, disse a dona de casa Gisélia Garcia da Silva.

Tem direito a receber o Bolsa Família grupos familiares enquadrados como extremamente pobres ou pobres, com renda de até R$ 154 por pessoa. Os beneficiários do programa têm de atender a critérios como frequência escolar e atualização do cartão vacinal das crianças, além de atualizar os dados do cadastro todos os anos.

A atualização dos cadastros do Bolsa Família pode ser agendada através do telefone 0800-285-8000, através do qual os beneficiários podem marcar horário e local de atendimento, realizado pelas prefeituras e secretarias estaduais de educação.

A equipe do jornal O Mossoroense tentou contato telefônico com a Prefeitura de Serra do Mel para esclarecer o problema no cadastro das mulheres, mas as chamadas não foram atendidas.