Movimento de Libertação dos Sem-Terra bloqueia trechos de duas BRs por mais de seis horas

Militantes do Movimento de Libertação dos Sem-Terra (MLST) bloquearam ontem por mais de seis horas trechos da BR-304, na entrada do município de Ielmo Marinho, e da BR-406, no distrito de Baixa do Meio, município de Guamaré. O grupo ateou fogo em pneus na pista, impedindo a passagem de veículos das 7h20 até depois das 14h. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi chamada para mediar acordo para liberação da via.

“Trabalhamos para evitar atritos entre manifestantes e motoristas, além de mediar acordo para a liberação da via. Nestas situações, os direitos de manifestação e de ir e vir se chocam e cabe à PRF buscar a liberação do tráfego nas vias federais”, diz o agente da PRF/RN, Carlos Kleber.

Os manifestantes encaminharam à Prefeitura Municipal de Guamaré pauta com cinco pontos de reivindicação: disponibilização de água para consumo humano através de carros-pipa, cadastramento das crianças das áreas de assentamento e acampamento para matrícula escolar e estabelecimento de atendimento médico ao menos uma vez por semana no acampamento.

Outros pontos de reivindicação do MLST são a concessão de três ônibus pela prefeitura para que o grupo possa participar da mobilização a ser realizada em Natal no período de 15 a 18 deste mês. Os manifestantes pleiteavam ainda a oferta de alimentação para as pessoas que participarem da mobilização.