Lateral Daniel Alves será o capitão contra a Colômbia em Manaus. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF).

Método Tite, no revezamento da faixa de capitão, Daniel Alves assume posto

Perto de completar 10 anos de Seleção Brasileira, o lateral-direito Daniel Alves será o capitão da equipe na partida desta terça-feira (6), na Arena da Amazônia, contra a Colômbia. Na partida anterior, o zagueiro Miranda havia utilizado a braçadeira.

O rodízio faz parte de uma filosofia do técnico Tite, que busca assim não responsabilizar apenas um jogador como líder da equipe e sim vários atletas. A iniciativa foi muito bem recebida pelo grupo.  “Claro que fico honrado em ser o capitão neste jogo, mas isso é o menos importante. Nossa equipe tem vários líderes, cada um a sua maneira. Futebolísticamente falando, tem o da conversa, o que levanta o astral, todos são importantes e isso é o que vale” explicou o experiente Daniel Alves.

Ciente da necessidade de um bom resultado diante da Colômbia, o lateral-direito deu pouca importância ao posicionamento do Brasil na tabela neste momento. Para ele, mais importante é ganhar os jogos, pensar um a um e depois olhar para a colocação nas Eliminatórias. “Nosso pensamento é de ganhar os jogos. Cada três pontos nessas Eliminatórias vão fazer a diferença. A colocação na tabela só importa lá no final, quando acabar a disputa pela vaga no Mundial, que é nosso maior objetivo” finalizou o lateral-direito.