MDR acompanha obras de modernização da malha ferroviária da CBTU no Rio Grande do Norte

A ampliação da linha começou em fevereiro e já conta com dois quilômetros e meio de terraplanagem para a instalação da via férrea

Após mais de 10 anos sem investimentos na expansão do sistema, a malha ferroviária da Companhia Brasileira de Trens Urbanos no Rio Grande do Norte está passando por obras de ampliação e modernização. Nesta sexta-feira, 14 de maio, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, visitou, em Parnamirim, o canteiro de obras da Linha Branca. A ampliação da linha começou em fevereiro e já conta com dois quilômetros e meio de terraplanagem para a instalação da via férrea.

Segundo o ministro, as intervenções são importantes para reduzir as desigualdades regionais.

“A nossa preocupação sempre foi, nesse período que estamos exercendo o Ministério do Desenvolvimento Regional, buscar ajudar a atacar as desigualdades regionais. Então, essa obra simboliza isso. Quem mora em São José, Nísia e Parnamirim e precisa ir a Natal para se deslocar está pagando mais de R$ 4. Então, nós vamos passar a ter uma realidade diferente. Isso vai cair pela metade ou menos da metade”.

O investimento do Governo Federal na implantação da Linha Branca é de cinquenta e oito milhões de reais e a previsão é de que cerca de sete mil passageiros utilizem o serviço diariamente com o acesso a Natal. As obras de ampliação devem ser finalizadas em abril de 2022.

Brasil 61