Manoel Bezerra insiste em candidatura, mas sofre nova derrota

Apesar dos esforços, Ministro do TSE rejeita recurso apresentado pelo candidato

O vereador Manoel Bezerra de Maria do Partido Progressista persiste na campanha de reeleição mesmo estando inelegível devido à condenação mantida pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça em razão de denúncias referentes à Operação Sal Grosso.

Em decisão monocrática proferida pelo Ministro Tarcísio Vieira membro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o candidato sofreu mais uma derrota. ‘’Assim, uma vez incontroversa a condenação criminal do recorrente pela prática de crime contra a administração pública, previsto no art. 317 do Código Penal, mediante provimento judicial exarado por órgão colegiado do TJ/RN, inviável a reforma do acórdão recorrido, ante a incidência da causa de inelegibilidade prevista no art. 1º, I, e, 1, da LC nº 64/90.’’

Além de Manoel, os vereadores Daniel Gomes (MDB), Izabel Montenegro (MDB) e Claudionor dos Santos (PL) também não podem concorrer às eleições para ocupação do cargo de presidente da Câmara Municipal. Apenas esse último permanece candidato por conta de risco.