Mãe e filha estupradas após assalto em residência na cidade de Parnamirim

No final da noite da terça-feira (24), dois elementos armados de revólveres invadiram uma residência no conjunto Esperança, cidade de Parnamirim, assaltaram a família e, antes de deixarem a casa estupraram mãe e filha de 14 anos, na presença de duas crianças.

De acordo com a Polícia Militar, a casa foi invadida pelos criminosos por volta das 22h, o pai estava no quarto do casal com a filha de 14 anos e duas crianças, de sete e 11 anos, quando a dupla invadiu a residência. Na ocasião, os criminosos obrigaram o homem e as duas crianças a se deitarem no chão, enquanto que a adolescente era obrigada a colocar objetos de valor dentro do carro da família.

No momento do assalto, a mãe das crianças, que estava no trabalho, chegou em casa e foi rendida pelos bandidos, que após roubarem diversos objetos resolveram violentar sexualmente mãe e filha. Em seguida, os bandidos fugiram levando os objetos e o carro da família.

Mãe e filha foram socorridas para uma unidade médica de Parnamirim, enquanto o pai acionou a polícia. Em depoimento auma emissora de TV, o homem contou que somente a fé em Deus é que o mantém confortado para não fazer justiça com as próprias mãos.

A polícia fez diligências, mas ninguém foi preso.

Suspeitos de estuprar mãe e filha são presos em Parnamirim

A Polícia Civil de Parnamirim prendeu ontem dois elementos suspeitos de terem estuprado mãe e filha de 14 anos, durante um assalto, na noite da terça-feira passada, em Parnamirim.

Segundo a Polícia Civil, os acusados foram presos no bairro Nova Esperança, em Parnamirim, e com eles encontrados objetos roubados como micro-ondas, notebook e celulares, além de um revólver.

Um dos criminosos presos confessou ter cometido o assalto, mas negou ter violentado sexualmente as vítimas. O veículo da família, que foi levado pelos elementos, foi achado abandonado na madrugada e encaminhado à DP local. Os nomes dos dois suspeitos presos não foram revelados pela polícia.