Laíre Rosado:

RENOVAÇÃO

A eleição do deputado Allyson Bezerra para prefeito de Mossoró significa que o eleitor votou pela renovação na administração municipal. Ao pé da letra! A atual prefeita, Rosalba Ciarlini, governava o município pela quarta vez. Foi vitoriosa em outros pleitos, ocupando os dois cargos mais importantes na política estadual, sendo eleita senadora da República e Governadora do Estado.

É possível afirmar que o eleitor cansou de votar em Rosalba. Entretanto, o mais provável é que o eleitor trocou a experiência pela renovação. Foi assim nas eleições de 2018, continuando a tendência em 2020.

Na Câmara Municipal, ao que parece, alguns vereadores não entenderam a mensagem do eleitor. A renovação foi algo nunca visto.  A partir de janeiro de 2021, 75% dos vereadores estarão em primeiro mandato. Essa realidade foi presente em todos os municípios.

Alguns dos poucos reeleitos, ao que parece, não estão sintonizados com a mudança e estão elaborando decreto legislativo proibindo que vereadores em primeiro mandato possam ocupar o cargo de Presidente da Casa. O projeto especifica o cargo de presidente, por conta da grande renovação no quadro de vereadores. Não existe condição de ocupar todos os cargos, com representantes da oposição e da situação. Como disse acima, poucos dos atuais vereadores conseguiram reeleição.

A tentativa desses vereadores não deverá ser aprovada, pois se trata de uma proposta anticonstitucional. Mesmo admitindo-se que fosse aprovado e que a Justiça decidisse não interferir em assuntos internos do Legislativo, a maioria dos novos vereadores derrubaria esse monstrengo de decreto legislativo, logo após a posse e antes da eleição da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Mossoró.

É preciso ter juízo e bom senso.