Jair Bolsonaro afirma que teste para coronavírus deu negativo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de 64 anos, que não está com covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. O resultado do teste de confirmação saiu nesta sexta-feira (13).

No último fim de semana, ele viajou para os Estados Unidos em comitiva presidencial, para se encontrar com o presidente Donald Trump.

No grupo que foi à encontro também estava o secretário de Comunicação Social da Presidência, Fábio Wanjgarten, outro diagnosticado com a doença respiratória.

Outros membros do governo que estavam na viagem, como o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e o de Minas e Energia, Bento Albuquerque, estão sendo monitorados.

De acordo com o Palácio do Planalto, o governo brasileiro comunicou às autoridades do governo norte-americano sobre a infecção de Wajngarten. Sobre Bolsonaro, ainda não há informações sobre repasses a outros governos.

Na quinta-feira (12), Trump afirmou não estar preocupado com o contato que teve com os brasileiros e se limitou a um “vamos descobrir o que vai acontecer”. A TV CNN, no entanto, noticiou que, segundo pessoas próximas, o presidente estadunidense está receoso com um possível contágio.

Pronunciamento

De máscara, Bolsonaro fez um pronunciamento em rede nacional, na quinta-feira (12), mostrando preocupação com o coronavírus. Antes, ele havia desdenhado dos riscos, afirmando que era “fantasia da imprensa”.

Ele também voltou atrás em sua postura de estímulo aos protestos contra o Congresso Nacional e o Supremo, marcados para o próximo dia 15. Ele afirmou que as manifestações precisam ser repensadas diante das repercussões do coronavírus. O presidente não citou nenhum tipo de ação específica de combate à propagação do vírus.

 

Brasil de Fato