IDEAIS SEM NOÇÃO

Estamos vivendo um momento de instabilidade no mundo. A falta de entendimento e os conflitos de ideias e ideais, seja político, econômico ou religioso, tem contribuído ainda mais para acirrar os ânimos entre as nações, tendo inclusive fomentado guerras e atraído de forma direta a luta pelo poder e pelas riquezas. Esses eram basicamente os motivos pelos quais se travavam as “guerras” e lutas para se sobressair como grandes potências.

Essa forma de atuação das nações sempre houve e era monitorada e controlada umas pelas outras e em sua maioria preservava um pouco os inocentes, mas agora é diferente, surgiu um novo modelo que está aterrorizando o mundo. Esse novo modelo age em nome da religião e dissemina o mal formando exércitos “desconhecidos” por toda parte capazes de doarem suas próprias vidas em nome de um ideal que envolve o ódio, o que se torna muito perigoso. Os chamados homens-bombas se espalham e tocam terror pelo mundo afora recrutando “pessoas” que recebem uma missão de lutar por um estado puro, o chamado estado Islâmico, sem se incomodar com a destruição ou com as vidas de inocentes que irão tirar com aquele ato extremo.

Dessa forma, se torna muito difícil combatê-lo, ainda mais porque outras pessoas que em nome da “liberdade de expressão” ousam mexer com o seu maior ícone que é Maomé, aumentando o ódio entre o Estado Islâmico e o Ocidente. Foi o caso dos franceses que de forma equivocada provocaram os seus membros com charges e agora inocentes pagaram com suas vidas.

Portanto, está mais do que evidenciado que não se pode “brincar” ou satirizar esse tipo de gente que acredita piedosamente que existe um inimigo contra Maomé. É preciso mais prudência e estudar melhor a forma de combater o terrorismo respeitando as liberdades sem atacar ou ofender aqueles que pensam diferente sob pena do mundo pagar uma conta com a vida de muitos inocentes. Nada justifica matar inocentes em nome do que quer que seja. Essa é a verdade.

MAIS UM
O Ministério Público pediu afastamento do prefeito de Macau, Kerginaldo Pinto, e a Justiça concedeu para que a investigação sobre desvios de recursos de contratos da construção civil e da limpeza pública fosse continuada sem a intervenção do chefe do Executivo. Com isso, o Ministério Público tem a intenção de concluir o processo de investigação sem a presença do prefeito. Agora Kerginaldo lutará na Justiça para retornar ao cargo.

ASSUMINDO
Com a saída de Kerginaldo Pinto assumiu o cargo o vice-prefeito Eistein Barbosa com a missão de continuar a administração da cidade de Macau. O município vem sofrendo intervenção constante do Ministério Público para apurar irregularidade de contratos em diversas áreas. E a mudança de prefeito tem sido uma tônica, o que gera prejuízos à população.

FAZENDO SUA PARTE
Mesmo com condições limitadas de combustível, viaturas e outras dificuldades as polícias militar e civil vêm tentando fazer sua parte no combate à criminalidade. Tem realizado um trabalho elogiável na caça a bandidagem, principalmente na região Oeste. Falta à Justiça fazer a parte dela e os nossos representantes modificar as leis para reduzir a impunidade.

POLÊMICA
Continua a interrogação sobre o que o prefeito Francisco José Júnior irá fazer com a tal antecipação dos Roylaties em Mossoró. O prefeito afirmou que aguarda ser informado sobre o valor que irá receber para poder apresentado o plano de investimento e destinação dos recursos, porém a população anda desconfiada, já que sua popularidade está em baixa. Agora resta esperar e acreditar que realmente esses recursos serão aplicados de forma séria para melhorar a vida das pessoas. Aguardar pra ver!.

A FORÇA
O Hospital Wilson Rosado acionou a Justiça para poder receber recursos que tem direito junto à Prefeitura Municipal de Mossoró. Essa semana a Justiça bloqueou das contas do município R$ 717 mil para evitar que os serviços de pediatria fossem paralisados. Decisão acertada porque a população não pode continuar sofrendo por falta de compromissos de governantes.

ATUANDO
O deputado George Soares não tem medido esforços para melhorar a vida do povo potiguar, cobrando do governo resolução para os problemas que afligem à população, principalmente no que tange à seca. George tem sido uma voz forte para o Vale do Açu sem esquecer outras regiões. Continue assim, deputado, que o povo agradece.

FORA DO NORMAL

Aumentar a passagem do transporte coletivo em 50% foi fora do padrão normal e soou como uma afronta à sociedade.  Os estudantes de Mossoró reagiram com manifestação e dão sinais de que vão lutar para evitar esse aumento que em tempos de crise só prejudica e dificulta a vida das pessoas, principalmente trabalhadores e estudantes que necessitam desse tipo de veículo para chegar aos seus destinos diariamente.