Hora da decisão

Chegou ao fim a guerra fria travada entre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e a presidenta Dilma Rousseff. No dia destinado a definir o futuro do presidente da Câmara no Conselho de Ética, o PT chutou o “pau da barraca”, enquadrou Cunha e a resposta veio de imediato: A abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma começa a andar.  O País se deparou com um estágio de xeque-mate que deverá levar o País a definições importantes. Após um ano de guerra política é chegada a hora de saber quem é quem. Em meio a crise econômica que assola o país, não há mais espaço para que a guerra política impeça a resolução de problemas graves. Estamos caminhando para o desfecho de uma década perdida. Se a solução é a queda de quem está travando o desenvolvimento do País, que esta solução venha o mais rápido possível. Chegou a hora da decisão.

Posição
A presidenta Dilma se pronunciou ainda na noite de ontem com relação ao processo de impeachment. Insinuou que foi chantageada e se disse alheia a qualquer ato de corrupção ou desvio de recursos públicos. Dilma deverá recorrer ao STF na tentativa de barrar o processo.

Votação
A Câmara Municipal de Mossoró teve ontem votação para a escolha do vereador mais atuante do ano. Izabel Montenegro ganhou a votação, seguida de Genivan Vale. Tia Cícera apareceu em terceiro. Nada contra a presença de Tia Cícera na lista, mas o nome meio que desvirtua o sentido da votação.

Contraste
A posição de mulher séria e com trajetória política irretocável contrasta com um dos mandatos mais pacatos da atual composição da Câmara. Como a votação se deu de forma democrática, não há como contestar o resultado final. Mas a Casa conta com outros nomes que poderiam ter figurado na lista.

Apoio
A pedido do reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), Pedro Fernandes Ribeiro Neto, o senador Garibaldi Filho reuniu-se com o ministro da Cultura, Juca Ferreira, para pedir o apoio do governo federal ao projeto “Capoeira sem Fronteira”.

Intercâmbio
Por meio de intercâmbio firmado entre o Complexo Cultural da Uern (CCUERN) e a escola francesa LycéeLesFontenelles, foi agendada a permanência na França, durante uma semana, de nove alunos de capoeira carentes ligados ao Complexo.

Período
A semana que a delegação potiguar permaneceria na cidade de Louviers, na França, seria entre 21 a 28 de fevereiro do próximo ano. Em 2014, um grupo de estudantes franceses participou de atividades de dança no Complexo da Uern. Na ocasião foi acertada a retribuição da visita.