Homens são perseguidos e executados a tiros na zona rural de Martins

No início da tarde de ontem, dois jovens foram assassinados a tiros em uma rodovia estadual que liga as cidades de Martins e Serrinha dos Pintos. Francisco Hélio de Oliveira Tavares, que resida na Vila Feliz e Leanderson Silva, o “Amarrado”, que morava no bairro Jocelin Vilar, em Martins, foram executados a tiros de escopeta, depois de terem sido perseguidos e mortos por três homens em uma caminhonete Hillux branca.

Segundo informações repassadas pelo soldado Ronaldo, do destacamento da PM em Martins, por volta do meio-dia e meia, as duas vítimas seguiam de motocicleta sentido Martins/ Serrinha dos Pintos, quando próximo ao sítio Farinheiro foram perseguidos pelos criminosos em uma caminhonete. Eles já se aproximaram atirando nas vítimas.

“No momento da perseguição, os suspeitos atiraram primeiro no rapaz que estava na garupa da moto, que ao ser atingido caiu ainda na pista de rolamento, enquanto que o piloto da moto abandonou o veículo e correu para dentro do matagal, porém foi seguido e executado dentro do mato, às margens da rodovia”, explicou o policial militar.

O policial disse que momentos antes do duplo homicídio, as duas vítimas estavam jogando sinuca em um bar na cidade de Martins e teriam deixado o local e seguido com destino a Serrinha dos Pintos. “Não sabemos ainda se os acusados estariam espreitanto as duas vítimas ainda na cidade ou esperaram que eles deixassem a zona urbana para poder persegui-los”, disse.

Testemunhas disseram que os rapazes mortos eram usuários de drogas e tinham envolvimento com o tráfico de entorpecente, na região serrana.